Governo quer executar garantia de oito milhões de euros à Galp

Governo quer executar garantia de oito milhões de euros à Galp

Categoria Ambiente, Energia

O Ministério da Economia quer executar uma garantia bancária no valor de oito milhões de euros que a Galp entregou como caução no mês de outubro de 2007 depois de assinar um contrato com o Estado para construção de uma central elétrica em Sines. De acordo com o Público, “a central, que deveria ter entrado em funcionamento em 2010, nunca chegou a sair do papel porque, depois de sucessivos pedidos de adiamento que foram sendo autorizados pela tutela, a Galp renunciou à licença de produção no final de 2013”.

A petrolífera foi agora notificada de que a garantia será executada, tendo duas semanas para formalizar uma resposta e proceder ao pagamento da caução de forma voluntária.