Green Beauty da Garnier quer reduzir e erradicar o impacto ambiental em todas as cadeias de valor da marca

Green Beauty da Garnier quer reduzir e erradicar o impacto ambiental em todas as cadeias de valor da marca

Há anos que a Garnier está comprometida com a sustentabilidade, produzindo fórmulas mais naturais, usando ingredientes sustentáveis e de comércio justo. Em comunicado, a marca recorda que foi a primeira  a disponibilizar produtos orgânicos e certificados para cuidado da pele. Agora, o desafio é outro: “mudar a forma como a indústria de beleza se transforma em prol da população”. A iniciativa Green Beauty é assim uma abordagem completa à sustentabilidade. O objetivo passa por “transformar todas as etapas da cadeia de valor da Garnier”, reduzindo e erradicando o impacto ambiental nas seguintes áreas:

  • Plástico e Embalagem:
  1. Até 2025, a Garnier terá como objetivo não usar plástico virgem em todos os produtos, poupando assim 37 mil toneladas de plástico todos os anos
  2. Até 2025, todas as embalagens serão reutilizáveis, recicláveis e compostáveis/biodegradáveis.
  • Produto e Fórmula:
  1. Até 2022, todas os ingredientes vegetais e renováveis serão de origem sustentável;
  2. Todas as fábricas serão neutras em carbono;
  3. Emissões de CO2 das fábricas já foram reduzidas a 72%
  • Fornecimento Solidário:
  1. Até 2025, Garnier terá apoiado 800 comunidades em todo o mundo, inseridas no programa de Solidarity Sourcing (Fornecimento Solidário)

A iniciativa Green Beauty inclui o “Report de Progresso da Sustentabilidade”, que apresenta de forma transparente os “Compromissos” da Garnier, sendo, em breve, disponibilizados publicamente no site da marca. Este relatório indica onde a marca se situa atualmente, “mapeando o processo para alcançar as ambiciosas metas para 2025”. Este relatório também disponibiliza um resumo claro e rastreável dos compromissos da Garnier, desenvolvido com a ajuda de especialistas e cientistas. Todos os dados do relatório de progresso também foram avaliados pela PwC, auditor externo.

O lançamento do Green Beauty contempla também o lançamento de novos produtos que salientam os compromissos de sustentabilidade da marca.

O Green Beauty também tem como objectivo ajudar os consumidores a fazerem escolhas mais sustentáveis, no momento da compra, tendo tem como ambição educar os consumidores para o tema da reciclagem em todos os canais digitais da marca.

Para além disso, como parte do projeto “L’Oréal for the Future”, a Garnier será a primeira marca a implementar o sistema de “Rotulagem de Impacto Ambiental e Social do Produto”. O rótulo vai permitir “informar os consumidores para o impacto social e ambiental dos produtos, para que tenham a capacidade de fazer escolhas sustentáveis”, explica a marca. A ser testado em França e nos produtos de cuidado de cabelos, este rótulo tem uma pontuação de sustentabilidade de A ao E, em que o A é considerado a melhor classe. Esta pontuação tem em conta 14 fatores ambientais relacionados com fontes, processo de produção, transporte, utilização e reciclagem.

Segundo a Garnier, o método foi aprovado por especialistas científicos independentes e todos os dados foram verificados pelo “Bureau Veritas Certification”, um auditor independente. Os rótulos e as pontuações estarão acessíveis nos websites dos produtos.

Adrien Koskas, presidente global da Garnier afirma que “o Green Beauty vai transformar a forma como implementamos o nosso negócio. Esta iniciativa, com a ajuda dos nossos parceiros, investigadores e clientes, vai destacar um conjunto de objetivos ambientais sustentados por metas tangíveis. Prometemos diminuir o nosso impacto no planeta e inovar por um futuro mais sustentável. Vai demorar algum tempo, mas o Green Beauty transformará a Garnier e esperamos que transforme a indústria como um todo”.

Adicionalmente, para ajudar na luta contra o impacto ambiental do plástico, a Garnier estabeleceu parcerias com duas ONG’s:

  • Ocean Conservancy – ajudar no impacto ambiental da poluição provocada pelo plástico

A Garnier estabeleceu uma parceria com a Ocean Conservancy, uma ONG que luta, há mais de 30 anos, contra o plástico nos oceanos. Com esta colaboração, a Garnier destacará a importância de limpar os oceanos e as praias.

A Garnier juntou-se à Ocean Conservancy’s Trash Free Seas Alliance. Esta Aliança foi criada em 2012 e reúne cientistas, conservadores/ preservadores e o setor privado para encontrar soluções reais para a crise dos plásticos nos oceanos. A Garnier vai unir-se aos actuais membros da Aliança para identificar estratégias inovadoras de reduzir as embalagens e parar o fluxo elevado de plásticos nos oceanos. Para além disso, a Garnier vai juntar todas as suas equipas – consumidores e colaboradores – em todo o mundo para recolher plásticos nas praias e oceanos.

  • Plastics For Change – ajudar com o impacto social da poluição dos plásticos

Mais de 3 mil milhões de pessoas em todo o mundo vivem sem acesso a uma recolha organizada de resíduos, ou seja, metade da população mundial. Algumas pessoas das zonas mais pobres do mundo recolhem esse lixo para tentar ganhar a vida. Os apanhadores de lixo, muitos deles mulheres, habitualmente vivem abaixo da linha de pobreza e trabalham em condições chocantes. Com o Plastics For Change, a Garnier apoiará de forma holística os apanhadores de lixo na India. O Plastics for a Change apoiará a educação de crianças, saúde, nutrição, literacia financeira e capacitação de meninas e mulheres – os fundamentos básicos de uma comunidade saudável e feliz.