Parque Nacional da Peneda-Gerês reforça meios humanos e novos investimentos

Parque Nacional da Peneda-Gerês reforça meios humanos e novos investimentos

Categoria Advisor, Agenda

O ministro do Ambiente e da Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes, preside esta sexta-feira, 10 de julho, à “Sessão de apresentação dos novos investimentos e reforço de meios humanos no Parque Nacional Peneda-Gerês”, que conta ainda com a presença do secretário de Estado da Conservação da Natureza, das Florestas e do Ordenamento do Território, João Paulo Catarino.

Em nota de agenda, pode ler-se que no evento será assinado o “memorando de entendimento entre os cinco municípios” integrantes deste território – Arcos de Valdevez, Melgaço, Montalegre, Ponte da Barca e Terras de Bouro, com vista à adesão ao modelo de cogestão deste parque nacional.

Serão ainda assinados protocolos entre o Fundo Ambiental, as cinco autarquias e o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), referentes ao “Projeto de Melhoria das condições de visitação nos cinco municípios do Parque Nacional da Peneda-Gerês”, que, no global, se traduzem num “apoio no valor de cerca de 550 mil euros”, diz a nota do Ministério do Ambiente.

Na mesma ocasião, ocorrerá a formalização da contratação, dos 50 elementos do Corpo Nacional de Agentes Florestais a alocar a esta área protegida.

Segundo a nota, será inaugurada ainda a “intervenção da Beneficiação do Caminho Florestal entre Leonte e a Portela do Homem”, também apoiada pelo Fundo Ambiental, com o “valor de 533 mil euros”. A mesma enquadra-se no Projeto 4 – Ordenamento e Sustentabilidade da Zona de Proteção Total da Mata de Albergaria, um dos onze projetos dos Plano-Piloto para o Parque Nacional da Peneda Gerês com um investimento global de 8,4 milhões de euros.