Idanha-a-Nova recebe fórum internacional dedicado à sustentabilidade alimentar

Idanha-a-Nova recebe fórum internacional dedicado à sustentabilidade alimentar

Categoria Advisor, Agenda

Entre 17 e 21 de julho, vai decorrer em Idanha-a-Nova o Fórum Internacional Territórios Relevantes para Sistemas Alimentares Sustentáveis (FISAS).

O FISAS será um espaço plural, abrigando o Seminário Internacional Sistemas Importantes do Património Agrícola Mundial, o Congresso Internacional das Bio-Regiões, o Fórum Mundial de Inovação Rural e a Oficina Políticas Públicas Locais para a Sustentabilidade Alimentar, além de intercâmbios de conhecimento, visitas de campo e exposição de boas práticas.

O objetivo do FISAS é produzir conhecimento e recomendações políticas para a construção de uma abordagem coordenada para a promoção de sistemas alimentares e dietas sustentáveis no quadro da Estratégia de Segurança Alimentar e Nutricional da CPLP, da Década da Agricultura Familiar e dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

A alimentação está no centro do atual debate global sobre sustentabilidade, uma vez que sistema alimentar mundial precisa de uma urgente transição, no sentido da promoção ativa de sistemas alimentares territoriais baseados na agricultura familiar, em modos de produção sustentáveis que promovam a biodiversidade, os conhecimentos tradicionais e as dietas saudáveis. Esta mudança é tanto mais urgente quanto mais se acentuam os impactos das alterações climáticas.

Para Francisco Sarmento, chefe do Escritório da FAO em Portugal, “o FISAS surge como resposta política capaz de articular de forma coerente diversos atores e iniciativas para a promoção da transição para sistemas alimentares sustentáveis a nível territorial na CPLP, dos países ibero-americanos e dos países onde já existem Bio-Regiões”. Armindo Jacinto, Presidente da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova acredita que “as Bio-Regiões constituem uma das principais respostas ao fenómeno da urbanização acelerada, do abandono das zonas rurais e da perda da biodiversidade e do conhecimento alimentar tradicional”.

O FISAS é uma coorganização de várias entidades entre as quais o Ministério da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, o Secretariado Executivo da CPLP, o Município de Idanha-a-Nova, a ACTUAR – Associação para a Cooperação e o Desenvolvimento, o Mecanismo de Facilitação da Participação da Sociedade Civil no Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (MSC-CONSAN – CPLP) e a Rede Internacional das Bio-Regiões.

O FISAS tem apoio internacional da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) e do Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrícola (FIDA).

No mesmo período, de 17 a 21 de julho, realiza-se em Idanha-a-Nova a XXIII Feira Raiana que, nesta edição, associa a habitual temática “Produtos da Terra” ao facto de este ser o primeiro município português a integrar a Rede Internacional de Bio-Regiões.