Iveco lança primeiro camião de longo curso movido a gás natural liquefeito

Iveco lança primeiro camião de longo curso movido a gás natural liquefeito

Um novo Iveco Stralis NP, o primeiro camião de longo curso a GNL (Gás Natural Liquefeito), foi um dos protagonistas do lançamento de uma campanha, destinada a chamar a atenção para a tomada urgente de ações concretas no âmbito das Alterações Climáticas.

Esta iniciativa foi lançada pela “Initiative Zukunft Erdgas”, associação formada pela indústria de gás alemã para apoiar e promover o gás natural como uma fonte de energia amiga do ambiente, e um dos pilares das futuras plataformas de abastecimento de energia.

Lançada recentemente no decorrer de uma conferência de imprensa em Berlim, a campanha está centrada numa elaborada escultura em gelo do Reichstag, o edifício do Parlamento Alemão. A estrutura foi colocada num atrelado puxado por um camião Novo Iveco Stralis NP, tendo circulado pelas ruas de Berlim, ficando, no dia anterior ao evento, em exposição junto ao local do encontro.

Segundo declarações da organização, o processo de degelo da escultura testemunhado pelos presentes foi uma forma de representar o fracasso das metas de alterações climáticas se não forem tomadas medidas urgentes.

O comunicado refere ainda, que os veículos movidos a gás natural produzem consideravelmente menos emissões de CO2 e de outras partículas poluentes face a veículos propulsionados por outros combustíveis. As emissões de óxido nítrico são reduzidas em mais de 90% e, no caso do gás natural, as partículas ficam abaixo dos níveis mínimos de deteção, mesmo quando se usam os mais modernos sistemas portáteis de medição de emissões (PEMS).

No caso do transporte pesado de mercadorias, o gás natural é, atualmente, a única tecnologia disponível capaz de alcançar o equilíbrio correto entre custos e qualidade dos gases de escape. Contudo, as soluções mais utilizadas e conhecidas utilizam o Gás Natural Comprimido (GNC), o qual apresenta limitações em termos de autonomia. É essa a razão por que até há pouco tempo o gás natural não era utilizado em transportes de longo curso.

A Iveco, através deste medido espera abrir novos caminhos com o desenvolvimento de uma solução que se baseia no gás na sua forma líquida, o Gás Natural Liquefeito (GNL), o qual ocupa, no máximo, seis por cento do espaço necessário para armazenar o gás natural, aumentando significativamente a autonomia. O resultado está expresso no Novo Stralis NP lançado no início deste ano, naquele que é o primeiro camião a GNL.