Jornadas Pedagógicas de Educação Ambiental arrancaram hoje na Lousada

Jornadas Pedagógicas de Educação Ambiental arrancaram hoje na Lousada

Categoria Advisor, Agenda

A Associação Portuguesa de Educação Ambiental (ASPEA), em conjunto com a Câmara Municipal de Lousada, iniciou hoje a 25ª edição das Jornadas Pedagógicas de Educação Ambiental, que decorrem até dia 17, no Auditório Municipal de Lousada, subordinadas ao tema “Educação Ambiental e Diálogo Intergeracional: Oportunidades e Sinergias”.

O programa das Jornadas assenta em três eixos temáticos – Educação Ambiental: diálogo intergeracional e inclusão social; Educação Ambiental na valorização das comunidades locais e Educação Ambiental: abordagens cooperativas, artísticas e de bem-estar. Será preenchido por conferências, comunicações, exposições, oficinas pedagógicas e saídas de campo.

Na sessão de abertura, Joaquim Ramos Pinto, presidente da direção nacional da ASPEA, afirmou que atualmente estas jornadas contam com uma forte dimensão internacional, sendo igualmente um acontecimento de “relevância nacional que reflete a importância das parcerias entre a sociedade civil e o poder local”.

O responsável explicou que a descentralização das jornadas foi sempre uma prioridade da direção da ASPEA, não só no sentido de alargar parcerias como também de envolver as comunidades locais em iniciativas de Educação Ambiental.

“Pretende-se que estas jornadas sejam um espaço multidisciplinar de partilha de experiências e conhecimentos sobre temas da atualidade, que permitam traçar novos caminhos e encontrar novas direções, com vista à consolidação de sociedades ambientalmente responsáveis e socialmente mais justas”, referiu Joaquim Ramos Pinto.

As jornadas irão também debruçar-se sobre um momento marcante das políticas públicas centrais em prol do reforço e dinamização da Educação Ambiental em Portugal – a Estratégia Nacional de Educação Ambiental (ENEA) que vigora até 2020. A concretização da ENEA assenta num trabalho transversal em torno de 16 medidas estratégicas que garantam os compromissos nacionais e internacionais assumidos por Portugal, destacando-se o Acordo de Paris e os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030.

“Valorizar o território” e a intergeracionalidade através de uma educação crítica são alguns dos objetivos da ENEA e também temas centrais das XXV jornadas, adianta a ASPEA, na mesma nota.

Mais informações aqui.