Miele divulga Relatório de Sustentabilidade de 2019

Miele divulga Relatório de Sustentabilidade de 2019

Categoria Advisor, Empresas

Aparelhos domésticos inovadores e eficientes em termos energéticos, são uma contribuição fundamental para a sustentabilidade dos lares. Assim, a Miele esforça-se para continuar a aumentar a eficiência energética de todos os seus grupos de produtos. O relatório de sustentabilidade publicado recentemente ilustra como tem conseguido.

Com o Relatório de Sustentabilidade de 2019, a Miele apresenta insights detalhados sobre o que é uma orientação corporativa sustentável — tendo em conta aspetos ambientais, juntamente com um senso de responsabilidade para com os colaboradores, tópicos relacionados com a cadeia de fornecimento, até o envolvimento na sociedade. Este relatório descreve as 15 metas estratégicas de sustentabilidade, desde o desempenho ambiental da Miele, ao diálogo com stakeholders através de uma digitalização acessível ao consumidor.

Todos os produtos fabricados pela empresa familiar são o centro das atenções. A título de exemplo, as máquinas de lavar loiça da série G 6000 EcoFlex ultrapassam o valor requerido para a eficiência energética A +++ entre 10% e 20%. No final do ano de 2017, a Miele recebeu o cobiçado prémio German Federal Eco Design Award devido a esses modelos e à sua excelente eficiência energética, que é obtida através do uso de um sistema integrado de armazenamento de calor. No setor profissional, a Miele lançou a gama de modelos Performance Plus durante um período de avaliação. Estas máquinas de lavar roupa consomem cerca de 20% menos água e 30% menos energia que os seus antecessores. Isto é conseguido através de um design técnico especialmente desenvolvido em conjunto com um novo processo de lavagem.

Inovações como estas, promovem avanços numa área em que há cada vez menos espaço para melhorias na eficiência energética. Além disso, o desejo de maior eficiência e sustentabilidade está frequentemente em desacordo com as crescentes exigências de desempenho e comodidade. O SingleWash é uma solução inteligente que mostra como as exigências, que à partida entram em conflito em casa, podem ser resolvidas. Este ciclo de lavagem é a resposta da Miele a um fenómeno bem conhecido: na utilização diária, as máquinas de lavar roupa lavam frequentemente com cargas muito pequenas, o que gasta recursos desnecessários. Com o SingleWash, o consumo de água é precisamente adaptado a volumes de carga bastante reduzidos. O que também resulta automaticamente num menor consumo de energia. Desta forma, a Miele consegue combinar a sustentabilidade com a comodidade.

Apenas com reduções significativas no consumo durante a fase de uso é que se torna imediatamente visível quando se considera quantas horas e anos em que as máquinas de lavar roupa, as máquinas de lavar louça, os frigoríficos e outros similares estão em funcionamento. Mais de três quartos do consumo total de energia para um eletrodoméstico, desde a engenharia do produto até ao descarte, são atribuídas à fase de uso no ponto de instalação.

Então, que impacto tem isto no meio ambiente? Para dar uma resposta a esta questão, a Miele realizou um cálculo amostral, durante o período de relatório, para determinar em que medida as emissões são causadas pelo consumo direto de eletricidade durante a utilização dos aparelhos. O resultado: Na fase de uso de eletrodomésticos, emissões de vários milhões de toneladas de CO2 foram acumuladas. Em comparação, as emissões nas fábricas de produção, embora não sejam insignificantes, são consideravelmente menores. O uso em residências domésticas, portanto, oferece maiores oportunidades para melhorar a eficiência – ainda mais se a expectativa de vida acima da média dos aparelhos Miele for considerada na equação. Como resultado, uma redução no consumo continuará a ser o foco da estratégia climática da Miele. No futuro, as emissões durante o uso também serão incluídas no balanço climático da empresa.

O objetivo da política climática corporativa é claro: a Miele apoia a política climática internacional propondo-se a contribuir para limitar o aquecimento global em dois graus e pretende ser neutra em carbono no máximo até 2050. Para que isto aconteça, o objetivo é continuar a aumentar a eficiência energética na produção e reduzir o consumo específico de energia. As 12 unidades de produção da Miele já estão a seguir os seus próprios métodos, que seguem os objetivos primordiais da estratégia de sustentabilidade da empresa. Estes também incluem projetos para promover uma economia circular. E, neste seguimento, a empresa já implementou várias medidas para reutilizar materiais de máquinas antigas Miele, por exemplo, na forma de contrapesos de ferro fundido ou como granulados para peças plásticas.

Com o Relatório de Sustentabilidade de 2019, a Miele faz pela primeira vez referência aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas. O período do relatório compreende os dois anos comerciais 2016/17 e 2017/18. À semelhança dos relatórios anteriores, este tema segue novamente as diretrizes da Global Reporting Initiative (GRI). O relatório está disponível em www.miele.com/sustainability.