Movimento “Faz pelo Planeta by Electrão” vai premiar os melhores ambientalistas

Movimento “Faz pelo Planeta by Electrão” vai premiar os melhores ambientalistas

Conhece alguém que recolhe plástico na praia ou no campo? Ou que viva de forma minimalista, recusando os excessos? Sabe de uma pessoa que pratique um estilo de vida mais sustentável e que possa inspirar outros? O Electrão está à procura desses ativistas anónimos dispostos a salvar o planeta!

O movimento “Faz pelo Planeta by Electrão”, com o patrocínio do Presidente da República, vai ser lançado esta quinta-feira, 6 de maio, às 10h00, no LNEC (Laboratório Nacional de Engenharia Civil), em Lisboa, com transmissão online, lê-se numa de agenda.

O Electrão quer assim encontrar os agentes de mudança, tanto ao nível da comunidade (esses são os “Big changers”), como dentro das empresas, onde há sempre alguém que se destaca fazendo a diferença e impulsionando boas práticas ambientais (designados como “Corporate Changers”), refere o comunicado.

Os escolhidos como campeões da mudança, por um júri constituído pelo Electrão e pelos seus parceiros neste movimento, terão a oportunidade de viajar até ao maior parque florestal da Europa: o Parque Nacional Białowieża, na Polónia. A viagem terá a duração de quatro dias. Como contrapartida deve documentar a sua viagem em formato audiovisual para que futuramente o vídeo possa ser partilhado com as comunidades do Electrão. As empresas vencedoras, por sua vez, podem ter acesso a planos de consultoria ambiental.

Para inspirar a participação de muitos ambientalistas que ainda se encontram na sombra, o movimento envolveu na iniciativa alguns dos influenciadores mais conhecidos nestas áreas: Ana Milhazes (Lixo Zero), Ana Masiello (Hero to Zero), Catarina e Rita Leitão (Zero Plástico), Catarina Matos (Mind the Trash), Gonçalo de Carvalho (SCIAENA), Inês Soares (Nononovo), Joana Tadeu e Raquel Gaspar (Ocean Alive).

“O planeta precisa que todos se mobilizem para esta grande causa. Porque não somos capazes de travar esta luta sozinhos estamos determinados a encontrar pessoas verdadeiramente extraordinárias, que sabemos que existem e que podem inspirar esta mudança de forma natural, quer na comunidade, quer nas empresas. Estamos em contagem decrescente”, desafia o diretor-geral do Electrão, Pedro Nazareth.

Este movimento pela defesa do planeta pretende promover não só a reciclagem de resíduos, mas a viragem para uma economia mais circular. “A reciclagem por si só já não responde às necessidades actuais. Precisamos todos de ir mais longe e operar uma mudança nos comportamentos”, destaca Pedro Nazareth.

As inscrições poderão ser feitas na página oficial Movimento Faz Pelo Planeta By Electrão, onde estará disponível o regulamento, o vídeo manifesto e toda a informação sobre a iniciativa.

Esta iniciativa do Electrão tem o apoio da Agência Portuguesa do Ambiente (APA) e conta com o Dinheiro Vivo como parceiro de media. Entre os parceiros associativos e empresariais do movimento estão o BCSD (Business Council for Sustainable Development), Corpo Nacional de Escutas, Deco Proteste, EGF, ESGRA, Lidl Portugal, Liga dos Bombeiros Portugueses, Quercus e Veolia.