Municípios da região de Fukushima aceitam construção de armazenamento para detritos radioativos

Categoria Home

Os municípios japoneses de Fukushima, Futaba e Okuma comunicaram ao Governo que aceitam a construção de depósitos temporários para armazenagem dos detritos nucleares provenientes da descontaminação da central nuclear da região, no seguimento do acidente em Março de 2011.  "É um fardo pesado para a região, mas tomámos a decisão dolorosa de aceitar a construção destes locais de armazenamento", disse o governador de Fukushima, Yuhei Sato, aos ministros japoneses do Ambiente e da Reconstrução.  Segundo a Agência Lusa, o Estado nipónico procurava há dois meses convencer os líderes locais e as populações da necessidade absoluta de construir estes locais de depósito nas localidades contaminadas perto da central nuclear, e que isso deve ser feito com a máxima urgência.