PAN apresenta medidas para a reforma da floresta

PAN apresenta medidas para a reforma da floresta

A votação final global do pacote da reforma florestal está marcada para o próximo dia 19 de julho. Esta semana vão ser discutidas no parlamento as várias propostas sobre a reforma florestal que têm vindo a ser debatidas com o Governo. O PAN apresenta, por isso, 13 medidas que visam contribuir para a prevenção de incêndios florestais, conservação da biodiversidade e respostas mais eficazes em caso de emergência.

De entre as medidas que estão a ser negociadas com o Governo, o PAN pretende, por exemplo, que nos 10 metros junto às faixas de rodagem estradas e caminhos férreos (faixas de gestão de combustível) apenas possam ser plantadas espécies folhosas autóctones. A alteração proposta pelo PAN é que não possa haver eucaliptos e pinheiros.

O PAN pretende também que o Estado desenvolva uma plataforma que permita aos cidadãos a participação de situações de perigo, possibilitando-lhes  o envolvimento ativo na vida pública. Sendo que, durante o período crítico de incêndios que vigora de 15 de maio a 30 de setembro, o PAN entende também que não devem ser lançados foguetes ou utilizados outros meios pirotécnicos, devido ao risco de incêndio que os mesmos acarretam.