Pátio da Água recebe Chakall que dá dicas de como poupar água e aproveitar os alimentos na cozinha

Pátio da Água recebe Chakall que dá dicas de como poupar água e aproveitar os alimentos na cozinha

Na passada quinta-feira, 25 de julho, o Pátio da Água Móvel — na sede da EPAL — recebeu o Chef Chakall para um Show Cooking verdadeiramente “Circular”, promovendo a utilização da água da torneira na cozinha e um melhor aproveitamento dos alimentos, contra o desperdício alimentar.

A EPAL aproveitou a ocasião para anunciar uma nova ação conjunta com a Zomato, além do Show Cooking, que se destina a promover os restaurantes e cafés de Lisboa que aderem ao consumo de água da torneira e que a disponibilizam aos seus clientes. Os estabelecimentos são anunciados na app da Zomato para que  lisboetas e turistas escolham o seu restaurante ou café de forma consciente e, sobretudo, mais sustentável. Esta iniciativa tem a parceria da Câmara Municipal de Lisboa (CML), Lisboa E-Nova, Turismo de Portugal e da Associação ZERO.

José Sardinha, presidente da EPAL, explica a ideia: “A Água por Natureza é circular. A economia mais circular que existe é a Água e, nesse sentido, porque grande parte do consumo de água é nas nossas habitações, grande parte desse consumo é nos banhos mas também na alimentação, achámos que deviamos ter este show cooking por forma a mostrar a todos que as boas práticas podem ir muito para além do consumo de água da torneira. Na reutilização dos alimentos e no desperdício final, na compostagem desses alimentos.”

Assim, “a nosso convite, o Chef Chakall vem ensinar-nos a poupar água nas cozinhas, na confeção de refeições, ao reutilizar alimentos na sua totalidade, com ZERO desperdício”. O Chef declara: “Quando falamos de economia circular, lembra-me bastante a forma como fui educado. Cresci num de restaurante de família que atravessou gerações e, antigamente, tudo se reutilizava e não havia desperdício. Hoje em dia, com o grande consumo, tudo isto mudou. A água é também um tema muito importante na minha vida. Quando estive em África houve muitos momentos em que não tinha acesso a ela e é nessas alturas que damos importância ao seu verdadeiro.”

À Ambiente Magazine, o Chef Chakall acrescenta que bebe água da torneira e que em Lisboa é ótima. “Tenho cinco filhos, o futuro é fundamental. Melhorar o presente que o futuro melhora-se sozinho, é uma das minhas frases favoritas”, conta. Segundo o Chef, o desperdício alimentar continua a ser uma realidade e “quanto mais alto o nível do restaurante pior é. O preço que se cobra às pessoas é alto então não há preocupação. Já vi um restaurante com estrela Michelin a utilizar apenas 3% de um produto e a jogar o resto fora”. Por norma, nos seus restaurantes, Chakall lava a cozinha apenas uma vez por semana e nos restantes dias limpa a seco.

Dicas by Chakall

Com a mesma água conseguimos fazer uma bebida, uma sopa e o caldo desta água para fazer um risotto. É preciso imaginação na utilização das cascas de frutas e legumes para outros pratos.

Uma máquina de lavar louça não serve apenas para lavar pratos. Segundo o Chef Chakall, ao mesmo tempo que lavamos a louça na máquina, podemos aproveitar a água e a sua temperatura para:

– Cozinhar ovos, gasta-se normalmente cerca de 0.5 a 1 litro de água;

– Cozer legumes (como espargos) dentro de um saco hermético, colocado também na máquina;

– Compota de frutos: Num frasco de vidro, coloque as peças de fruta cortadas em cubos e adicione açúcar e limão. Feche muito bem o frasco e coloque-o na máquina de lavar, juntamente com a louça suja. Coloque no programa económico et voilá… tem a sua compota de frutos pronta a comer.

Durante o show cooking, o Chef demonstrou ainda ser possível utilizar 2 litros para 5 pratos diferentes:

Chá: Num litro de água, coza casca de abacaxi, para fazer um chá que acompanhará a sua refeição (à água fervida da casca do abacaxi, junte lima, gengibre e hortelã para dar mais sabor);

Sopa: com mais um litro de água, aproveite para cozer um frango com legumes. Depois de cozido, retire o frango, desfie e deixe apenas os ossos. Servirá como entrada Sopa de legumes com ossos;

2 Pratos: Com o frango cozido, aproveite para confecionar um Frango com ratatouille. Com parte do caldo utilizado para fazer a Sopa, aproveite para cozer um Risotto de legumes e cogumelos;

Sobremesa: Com parte da água deste chá, aproveite para cozer o abacaxi, que poderá servir como uma bela sobremesa, fazendo um Carpaccio de Abacaxi.

Mandamentos do Chef Chakall na Cozinha

Não cozinhe com muita água. Cozinhar com grandes quantidades de água faz com que se perca a riqueza de nutrientes presentes em alguns dos alimentos;

Reaproveite, sempre que possível, a água. Ao cozer em água legumes e verduras, ocorre sempre a perda de boa parte de vitaminas e nutrientes. Segundo o chef, para que não se evite o desperdício destas vitaminas, é utilizar esta mesma água para cozinhar outros alimentos, como arroz, por exemplo. Esta água pode também servir para a rega de plantas, enriquecendo-as com vitaminas e sais minerais;

Evite a perda de nutrientes. Cozinhe, sempre que possível, os alimentos com casca, para que evitar a perda de nutrientes.

Rita Inácio