Portimão deverá ser o próximo município proibido de pescar

Portimão deverá ser o próximo município proibido de pescar

Depois de termos noticiado, a semana passada, a proibição da pesca da sardinha em Peniche e Nazaré, a partir de sábado, sabe-se agora, segundo informações do jornal I, que Portimão deverá ser a próxima localidade a atingir a quota de pesca de sardinha nos próximos dias. Esta medida, para já, está a afectar 300 pescadores e 20 empresas de pesca mas poderá vir a afectar em todo o país 2015 trabalhadores e 150 embarcações.

Tendo em conta que este é o período em que a espécie é mais valorizada, a organização de produtores de pesca do Centro chegou a propor o aumento de 15% da captura – a quota está fixada em 13 mil toneladas – por mais duas ou três semanas, mas não foi bem sucedida. A ministra da Agricultura, Assunção Cristas, avisou que “regras são regras” e ninguém pode falhar sem penalizações, incluindo Portugal.

Ainda de acordo com o jornal I, esta proibição levou dez municipios do país – Peniche, Nazaré, Figueira da Foz, Matosinhos, Sesimbra, Sines, Loulé, Portimão, Setúbal e Olhão – a exigirem o aumento da quota de captura da sardinha para este ano e para o próximo, afirmando que não põe em causa a gestão do stock que continuará a crescer 2%. Mais um argumento que não foi aceite pela tutela que quer manter o que ficou determinado no Plano de Gestão da Sardinha elaborado em 2011. No entanto, o Ministério da Agricultura e do Mar assegura que nas próximas semanas vão ser anunciadas medidas de apoio aos pescadores que decidirem não pescar além dos stocks.