Portugal está comprometido com ações-chave que contribuam para uma economia azul sustentável

Portugal está comprometido com ações-chave que contribuam para uma economia azul sustentável

No âmbito do Dia Europeu do Mar, assinalado esta sexta-feira, 20 de maio, o Ministério da Economia e do Mar promoveu numa sessão pública dedicada ao tema “Uma Economia do Mar Sustentável para o Futuro de Portugal”.

“O Governo está comprometido na procura e desenvolvimento de ações-chave que contribuam para a sustentabilidade dos oceanos e para uma economia azul sustentável, que permita a Portugal atingir os objetivos e as metas do Pacto Ecológico Europeu e da Agenda 2030 da ONU”, declarou o Ministro da Economia e do Mar, António Costa Silva, citado numa nota de imprensa.

A sessão contou com apresentações sobre os desenvolvimentos em curso da Estratégia Nacional para o Mar 2030 e os Hub Azuis, como projetos âncora da componente Mar incluída no Plano de Recuperação e Resiliência, que funcionarão como faróis de fomento ao desenvolvimento integrado da economia azul sustentável, agregando grandes empresas, startups, universidades e outros interessados da economia azul.

O secretário de Estado do Mar, José Maria Costa, encerrou a sessão recordando a posição e visibilidade de Portugal no mundo, enquanto nação eminentemente oceânica. “Portugal deve liderar pelo exemplo, nas matérias relacionadas com a economia azul, apostando no desenvolvimento de novos produtos, serviços e tecnologias que respeitem estes princípios globais e promovam um impacto positivo no planeta”, sublinhou.