Presença do Governo em limpezas é uma campanha de alerta, diz primeiro-ministro

Presença do Governo em limpezas é uma campanha de alerta, diz primeiro-ministro

Categoria Ambiente, Florestas

O primeiro-ministro disse este sábado, dia 24, em Torres Vedras que a participação de membros do Governo em ações de limpeza da floresta é “uma campanha de comunicação” para alertar o país para essa prioridade nacional.

“É uma ação de comunicação de alertar o país e incentivar o país a prosseguir esta ação [afirmando]que é absolutamente fundamental cumprir a lei em redor das casas e das comunicações, das vias de comunicação ou de eletricidade, e ter matas limpas sem material combustível acumulado, porque quando mais limparmos agora mais eliminamos o risco”, afirmou António Costa aos jornalistas.

O primeiro-ministro respondeu assim às questões dos jornalistas sobre as declarações do presidente do PSD, Rui Rio, na sexta-feira.

Apesar de admitir que a presença de membros do Governo “na limpeza tem algum mérito, na sensibilização das pessoas”, o social-democrata classificou-a também como “uma fuga para a frente”, explicando que “perante um relatório que o responsabiliza e muito, [o Governo] faz uma ação de marketing para desviar as atenções”.