Programa Sê-lo Verde apoia mais candidaturas e mais medidas amigas do ambiente

Programa Sê-lo Verde apoia mais candidaturas e mais medidas amigas do ambiente

O ministro do Ambiente e da Transição Energética, João Pedro Matos Fernandes, participa esta sexta-feira, 28 de junho, às 17 horas, na cerimónia de assinatura dos contratos do Programa Sê-lo Verde do Fundo Ambiental.

De acordo com a nota enviada pelo gabinete do ministério do Ambiente e da Transição Energética, nesta terceira edição, o Sê-lo Verde vai apoiar “quarenta candidaturas e 88 medidas nos vetores Energia, Recursos, Emissões e Educação”. Em 2018, foram financiadas 31 candidaturas e 71 medidas. Na edição de 2019, a grande novidade é o apoio financeiro a provas de atletismo, com destaque para a Meia Maratona do Porto, o Leiria Run e o Ultra Trilhos Rocha da Pena, no Algarve.

Os grandes festivais de música continuam a apostar na adoção de boas práticas ambientais e a receber apoio do Fundo Ambiental. Assim, destacam-se, em 2019, o festival NOS Alive, Vodafone Paredes de Coura, NOS Primavera Sound, o EDP Vilar de Mouros, o NeoPop, o Gerês Rock Fest, Vagos Metal Fest e o MEO Marés Vivas.

O Programa Sê-Lo Verde tem como objetivo incentivar a adoção de boas-práticas ambientais, inovadoras e com impacte ambiental, social e económico nos grandes eventos de massas através do financiamento de medidas verdes que visam os seguintes objetivos:

  • Incentivar a adoção de critérios ambientais que contribuam para uma redução de impactes e promovam o uso eficiente de recursos materiais e energéticos;
  • Incentivar a adoção de abordagens inovadoras, como as novas tecnologias, integração de renováveis, fomento à economia colaborativa e conceção ecológica;
  • Contribuir para a educação e sensibilização ambiental dos grupos de interesse envolvidos – promotores, marcas, municípios, espectadores e comércio local.