Projeto da OesteSustentável e do IPL permite poupar mais de 1000 euros por ano e evitar 3,59 ton de CO2

Projeto da OesteSustentável e do IPL permite poupar mais de 1000 euros por ano e evitar 3,59 ton de CO2

A OesteSustentável – Agência Regional de Energia e Ambiente do Oeste, em parceria com o IPL – Instituto Politécnico de Leiria ,no âmbito do projeto “LEDifícios do Oeste”, desenvolveu um projeto de instalação de lâmpadas LED na Escola Superior de Artes e Design, em Caldas da Rainha. Através desta medida, 11 dos municípios do Oeste já possuem edifícios dotados de equipamentos de iluminação eficientes.

Esta intervenção permite uma poupança estimada de 8657 kWh/ano, evitando cerca de 3,59 tonCO2 em emissões e representando assim uma poupança anual 1164,10 euros para o município de Caldas da Rainha e uma redução de 63% nos custos correspondentes com eletricidade tendo um retorno do investimento municipal na ordem dos 15 meses, o que significa que ao décimo quinto mês após a instalação, a intervenção ficará paga apenas com as poupanças obtidas.

A medida “LEDifícios do Oeste” visa a substituição de mais de 25 mil lâmpadas fluorescentes T8 e a substituição de mais de três mil lâmpadas dicroicas de halogénio por lâmpadas LED, em quatro setores de atividade diferentes, desde a administração local, segurança e proteção civil, estabelecimentos escolares e instituições de solidariedade social, num total de pelo menos 2500 edifícios potencialmente abrangidos, na área de atuação da OesteSustentável.

Esta medida é financiada no âmbito do Plano de Promoção da Eficiência no Consumo de energia elétrica 2017/2018, aprovada pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos.