Publicado primeiro guia ibérico sobre Espécies Exóticas Invasoras Aquáticas

Publicado primeiro guia ibérico sobre Espécies Exóticas Invasoras Aquáticas

Foi lançado, esta quarta-feira, em formato online o “Guia das Espécies Exóticas e Invasoras dos Rios, Lagos e Estuários da Península Ibérica” em português, espanhol e inglês. Este livro envolveu 42 cientistas portugueses e espanhóis e contém fichas dedicadas a 100 espécies dos diferentes grupos taxonómicos, com fotos, mapas de distribuição na Península Ibérica e descrição das caraterísticas de cada organismo.

De acordo com a ASPEA (Associação Portuguesa de Educação Ambiental), uma das entidades envolvidas neste guia, refere que, de forma simples e didática, define-se o conceito de Espécie Exótica Invasora (EEI) e explica-se como estas se dispersam, quais os seus impactos e o que podemos fazer para evitar ou minimizar o problema. A introdução de EEIs é a principal causa de extinção de espécies nativas, provocando danos económicos que excedem os 12 mil milhões de euros por ano no contexto da União Europeia. Algumas destas espécies são também responsáveis por problemas de saúde pública.

Este livro destina-se ao público em geral e foi publicado no âmbito do projeto internacional LIFE INVASAQUA, com a participação do MARE – Centro de Ciências do Mar e do Ambiente na Universidade de Évora, da ASPEA e da SIBIC – Sociedade Ibérica de Ictiologia. A versão atual é gratuita para download em qualquer das três línguas e será posteriormente lançada em versão impressa após a normalização da situação de pandemia.

O projeto LIFE INVASAQUA tem como principal objetivo a sensibilização da sociedade e dos decisores políticos para a prevenção e o alerta precoce da ocorrência de EEIs. Este projeto colaborou na implementação de uma aplicação europeia para telemóvel dedicada às EEIs, elaborou um inquérito a nível ibérico sobre a perceção pública acerca destas espécies, e lançou recentemente a campanha Veja-Lave-Seque para prevenir a sua dispersão em meio aquático.