Ryanair lança nova política ambiental

Ryanair lança nova política ambiental

A Ryanair lançou hoje uma nova Política Ambiental, que se compromete com objetivos ambiciosos a nível ambiental que se juntam aos impressionantes marcos já atingidos até à data. A nova Política Ambiental inclui o compromisso de endereçar as alterações climáticas, indicando as prioridades e medidas que permitirão à Ryanair continuar a reduzir as suas emissões de CO2 e a poluição sonora.

Esta Política Ambiental reflete o compromisso da Ryanair em gerir o seu impacto no ambiente, visível através de:
– Liderança como a companhia aérea mais verde e limpa da Europa;
– Compromisso para com objetivos ambientais ambiciosos;
– Investimento de biliões nas aeronaves mais modernas e com maior eficiência energética;
– Compromisso para eliminar todos os plásticos não recicláveis em 5 anos;
– Esquema de compensação pelas emissões de carbono disponível para todos os clientes.

Segundo Kenny Jacobs, da Ryanair, “na qualidade de companhia aérea mais verde da Europa, é com todo o gosto que anunciamos a nossa Política Ambiental, um plano de ação que inclui os marcos atingidos até à data e os objetivos para o futuro. Operar a frota mais moderna da Europa, ter índices de ocupação elevados e uma política de combustível eficiente, tem-nos permitido uma redução contínua das nossas emissões de CO2, tornando-nos na companhia aérea mais verde na Europa. Adicionalmente, os nossos passageiros podem agora de forma voluntária compensar as emissões de carbono produzidas pelo seu voo através de um donativo efetuado no final do processo de reserva e que se destinará a uma instituição que trabalhe para combater os efeitos das alterações climáticas. É também importante mencionar que nos comprometemos a eliminar os plásticos da nossa operação durante os próximos cinco anos.”

Peter Bellew, Chief Operations Officer da Ryanair, afirma que “estamos muito contentes por lançar a nossa Política Ambiental, que cimenta o nosso compromisso em melhorar continuamente a eficiência das nossas operações em termos de carbono. Minimizando o consumo de combustível e energia, estaremos a cumprir o nosso papel no que diz respeito às alterações climáticas. Lideraremos o caminho neste âmbito e publicaremos todos os anos o nosso progresso no nosso website e no nosso relatório anual”.