Segundo maior produtor eólico notifica Concorrência do controlo de mais 5 parques

Segundo maior produtor eólico notifica Concorrência do controlo de mais 5 parques

Categoria Ambiente, Energia

A New Finerge, sociedade que comprou em 2015 à italiana Enel a sua carteira de parques eólicos em Portugal, notificou a Autoridade da Concorrência da aquisição de controlo exclusivo de mais cinco gestoras de parques eólicos, revela um aviso.

As cinco empresas compradas são: a Empreendimentos Eólicos do Rego, Eolcinf – Produção de Energia Eólica, Parque Eólico do Vale de Abade, Biowatt – Recursos Energéticos e a Eolflor – Produção de Energia Eólica, todas empresas dedicadas à gestão de parques eólicos no território nacional.

Segundo o aviso, publicado no portal daquela autoridade, a notificação data de quinta-feira, tendo agora os interessados na operação 10 dias úteis para se pronunciarem sobre esta aquisição.

A New Finerge, o segundo maior produtor de energia eólica em Portugal, depois da EDP Renováveis, resultou de ativos da Finerge, controlada pelos espanhóis da Endesa, depois comprada pela italiana Enel.

A New Finerge gere um grupo de empresas subsidiárias ativas na produção de energia eólica em Portugal, e integra o grupo luxemburguês First State Investments Fund Management. A Finerge arrancou com o negócio da cogeração (produção simultânea de energia térmica e mecânica, normalmente convertida em energia elétrica) e em 1999 fez o seu primeiro investimento eólico em Portugal.