SMAS de Sintra renovam certificação do Sistema de Gestão Integrado de Qualidade, Ambiente e Segurança e Saúde no Trabalho

SMAS de Sintra renovam certificação do Sistema de Gestão Integrado de Qualidade, Ambiente e Segurança e Saúde no Trabalho

Categoria Advisor, Empresas

Os Serviços Municipalizados de Água e Saneamento de Sintra (SMAS de Sintra) viram renovada a sua certificação do Sistema de Gestão Integrado de Qualidade, Ambiente e Segurança e Saúde no Trabalho, respeitante ao abastecimento de água, saneamento de águas residuais urbanas e recolha e transporte de resíduos urbanos em todo o município de Sintra.

Após a realização de auditoria, que decorreu entre 23 e 27 de novembro e de 2 a 4 de dezembro, a entidade certificadora APCER (Associação Portuguesa de Certificação) emitiu os certificados de conformidade, reconhecendo que os SMAS de Sintra cumprem os “requisitos normativos” e as “disposições regulamentares e legislativas” nas três áreas de atuação, pode ler-se no comunicado.

Os SMAS de Sintra são certificados de acordo com a norma ISO 9001:2015, que tem por objetivo a “melhoria contínua do desempenho dos serviços e a satisfação do cliente”; a norma ISO 14001:2015, que revela o “compromisso com a melhoria do desempenho ambiental”; e a norma ISO 45001:2018, relativa à “redução de riscos de acidentes e doenças profissionais e melhoria da satisfação e motivação dos trabalhadores”, refere a empresa.

Os SMAS de Sintra querem assumir-se, cada vez mais, como a “marca de referência” no desenvolvimento sustentável do município de Sintra, assente em “elevados padrões de proteção e valorização dos sistemas ambientais”, consolidando uma “imagem de confiança, transparência e competência”.

Além da certificação da APCER, a empresa está habilitada ainda como entidade formadora interna e várias instalações como o Edifício Sede e Instalações Oficinais da Portela e as Delegações do Cacém e de Queluz dispõem de certificação energética. Também o Laboratório dos SMAS, criado em 1985, está acreditado atualmente para 63 métodos analíticos, para águas de consumo, naturais doces e salinas, piscinas, residuais, lamas e a colheita de águas de consumo e naturais.