Soluções de aproveitamento e reciclagem de águas pluviais e cinzentas da ECODEPUR® permitem poupanças efetivas

Soluções de aproveitamento e reciclagem de águas pluviais e cinzentas da ECODEPUR® permitem poupanças efetivas

Desde junho de 2002 que a ECODEPUR® trabalha no desenvolvimento e industrialização de soluções compactas e chave-na-mão para o tratamento de águas residuais, das mais variadas origens. Atualmente, com duas unidades industriais em Portugal e exportadora para cerca de 30 países, a empresa conta com um departamento de Projeto e Conceção & Desenvolvimento, capaz de criar soluções inovadoras, à medida do seu cliente, preparadas para fazer face a problemas específicos e atuais.

Desde a sua génese que a aposta tem sido em novas tecnologias, sendo que, nos últimos tem a empresa tem vindo a desenvolver um conjunto de soluções para o aproveitamento e reciclagem de águas pluviais e cinzentas para aplicação em usos secundários, tais como: autoclismos, rega de espaços verdes, lavagens diversas e usos paisagísticos, nomeadamente espelhos de água artificiais. “Tratam-se de sistemas ganham cada vez mais preponderância face à situação de crise climática e escassez de água em que vivemos”, refere Bernardo Taneco, diretor-geral da ECODEPUR®.

Com o objetivo de fornecer a solução mais adequada, a empresa adota sempre um “dimensionamento casuístico”, tendo em conta as “particularidades de cada instalação”, nomeadamente a capacidade de produção/potencial hídrico, disponibilidade de espaço e necessidades hídricas estimadas para usos não potáveis.

Com aplicabilidade em moradias, prédios e condomínios, hotéis, parques de campismo, ginásios, edifícios públicos e institucionais, complexos desportivos ou escolas, os Sistemas de Aproveitamento de Águas Pluviais em Edifícios (SAAP), tal como os Sistemas Prediais de Reutilização de Águas Cinzentas (SPRAC), ao reduzirem o consumo de água potável para usos secundários, permitem uma “poupança efetiva do recurso”, resultando não só numa “contribuição efetiva para a sua preservação”, como também num “investimento vantajoso com retorno económico a curto prazo”. Contudo, os sistemas de reciclagem de águas cinzentas apresentam um “potencial de reutilização superior” aos sistemas de aproveitamento de águas pluviais: “Permite uma produção contínua e regular de água para reutilização, ao contrário das águas pluviais cuja produção é mais imprevisível e de carácter sazonal”, explica o diretor-geral.

Com uma evolução crescente da procura no mercado português, as soluções ECODEPUR® são fabricadas tendo por base as especificações técnicas da ANQUIP ETA 0701 aplicada aos SAAP e ETA 0905 para os SPRAC.

 

Este artigo foi publicado na edição 92 da Ambiente Magazine.

 

Conteúdo patrocinado