Soluções Vulcano elevam o grau de Eficiência Energética de Edifícios

Soluções Vulcano elevam o grau de Eficiência Energética de Edifícios

Categoria Ambiente, Energia

A problemática da dependência energética na Europa tem conduzido ao desenvolvimento de Diretivas comunitárias e outras medidas para melhoria da eficiência, reduzir a sobre-exploração de recursos energéticos disponíveis e, consequentemente, amenizar impactes económicos, sociais e ambientais. De facto, de acordo com os dados disponibilizados pela Direção Geral de Energia e Geologia (DGEG), o consumo energético dos edifícios na Europa corresponde, aproximadamente, a 40% dos consumos totais de energia.

Desta forma, a Vulcano, marca portuguesa líder em soluções de água quente e solar térmico, está empenhada em melhorar a eficiência energética das casas portuguesas e, desta forma, reduzir o impacte ambiental. A preocupação com as necessidades ambientais e com a utilização de energias renováveis são uma evidência clara da visão proativa e de futuro da marca.

Com um portfólio alargado de produtos e serviços especializados, a Vulcano disponibiliza soluções completas que, para além de proporcionarem o maior conforto, permitem reduzir de forma real e significativa os consumos de energia, contribuindo para a melhoria da classe energética de habitações ou de edifícios de serviços. Neste âmbito, e uma vez que a energia solar é um recurso gratuito, que pode proporcionar uma importante poupança e contribuir para uma redução das emissões de CO2, a marca disponibiliza, no mercado, uma gama de Solar Térmico eficiente, segura, ecológica e de fácil e rápida instalação, permitindo a redução até 75% em média e por mês, na fatura de aquecimento de águas sanitárias, podendo mesmo ascender aos 100% em meses de maior exposição.

O aproveitamento da energia solar depende de vários fatores como as radiações ou as horas de sol, que devem ser controlados através da orientação e inclinação dos painéis solares. O objetivo é adaptar a instalação dos painéis solares de modo a garantir a captação de energia em função das necessidades, e para isso o profissional deve realizar um projeto Solar Térmico constituído por três fases básicas: a fase de planificação, execução e arranque.

Quando é solicitada uma instalação Solar Térmica, o profissional deve fazer uma recolha de toda a informação necessária existente no local da instalação em questão, nomeadamente a verificação das orientações da cobertura onde vão ficar instalados os painéis solares térmicos, a verificação do tipo de superfície e qual a inclinação da mesma, a confirmação da existência de obstáculos que possam provocar sombras (prédios, árvores, muros, entre outros) e claro conhecer a tipologia da habitação. Caso se trate de um edifício não-doméstico como um Hotel, complexo industrial ou complexo escolar deve ter-se ainda em conta a tipologia do mesmo.

Para a Vulcano é importante desenvolver e disponibilizar no mercado soluções que respondam às necessidades de todos os seus consumidores mas, também, dos profissionais que trabalham com a marca diariamente.

Este artigo foi publicado na edição 82 da Ambiente Magazine.