Três furacões – Irma, José e Katia – progridem em simultâneo no Atlântico

Três furacões – Irma, José e Katia – progridem em simultâneo no Atlântico

Três furacões estão a progredir em simultâneo no Oceano Atlântico, depois das tempestades José e Katia passarem a esta categoria, juntando-se assim ao Irma, que se desenvolve na categoria máxima, de 5, anunciou o Centro norte-americano de Furacões, citado pela Lusa.

Nos seus boletins de informação mais recentes, às 22 horas de Lisboa, aquele Centro (NHC, na sigla em Inglês) indicou que os ventos do José atingem os 120 quilómetros horários (categoria um de uma escala de cinco) e que progride a 26 quilómetros por hora na direção oeste-noroeste. Esta direção deve ser mantida durante as próximas 48 horas.

O NHC espera que o José, que está “a ganhar força rapidamente”, aproxima-se da categoria três, correspondente à de “furacão importante”, com ventos entre 178 e 208 quilómetros por hora. O José encontra-se a cerca de 1.700 quilómetros do arquipélago das Pequenas Antilhas, mas ainda não foi emitido qualquer alerta.

Do outro lado do Golfo do México, 300 quilómetros a nordeste da cidade mexicana de Veracruz, está o furacão Katia, com ventos de 120 quilómetros horários, que devem aumentar nas próximas 48 horas. Este furacão está a deslocar-se lentamente, a seis quilómetros por hora, para o sudeste, e a sua trajetória deve manter-se nas próximas horas.

Segundo o NHC, o governo do México decretou uma “vigilância furacão” para uma parte do litoral no Estado de Veracruz, entre Tuxpan e Laguna Verde. Esta medida significa que os ventos do furacão devem chegar à zona em questão em 48 horas.

 

*Foto de Lusa