Troia Resort novamente reconhecido pela APA

Troia Resort novamente reconhecido pela APA

O Troia Resort acaba de ver renovado o registo do sistema de gestão ambiental no EMAS, o Sistema Comunitário de Ecogestão e Auditoria, por parte da Agência Portuguesa do Ambiente, após auditoria externa realizada pela SGS.

O EMAS é um mecanismo voluntário que visa promover a melhoria contínua do desempenho ambiental das organizações mediante o estabelecimento e a implementação de sistemas de gestão ambiental, bem como a disponibilização de informação relevante ao público.

O Troia Resort foi o primeiro resort em Portugal a obter o reconhecimento EMAS, renovado desde 2008, que se juntou à certificação ISO 14001, obtida em 2005. O objetivo principal do sistema de gestão ambiental implementado é garantir uma gestão ambiental eficaz e responsável, com especial enfoque nas questões relacionadas com a otimização dos consumos de água e energia e na preservação e divulgação dos valores naturais da península de Tróia.

Segundo Célia Ferreira, responsável pela gestão ambiental da unidade hoteleira, este reconhecimento “reflete o nosso empenho em conciliar a protecção do ambiente com a atividade turística”. “O Troia Resort orgulha-se do trabalho desenvolvido diariamente para preservar a biodiversidade existente na península de Tróia. Estamos numa região única que queremos continuar a proteger e a desenvolver”, frisou, ainda.

A certificação ambiental EMAS abrange as várias unidades do Troia Resort, designadamente Aqualuz, Troia Marina, Troia Residence, Atlantic Villas, Troia Golf, a área florestal, as praias e todas as infraestruturas associadas.