Vantagens Ambientais do Gás Natural na Mobilidade

Vantagens Ambientais do Gás Natural na Mobilidade

Categoria Advisor, Investigação

Após a divulgação na Comunicação Social sobre o estudo que aborda os aspetos ambientais do Gás Natural Veicular (GNV) apresentando informações incompletas e retiradas do contexto, a GASNAM – Associação Ibérica do Gás Natural para a Mobilidade apresenta a sua visão sobre este tema e pretende contribuir para o conhecimento mais objetivo das vantagens do Gás Natural na mobilidade.

O estudo apresenta claramente um conjunto de vantagens do Gás Natural Veicular que importa relevar:

  • No que respeita às emissões de Gases de Efeito de Estufa o estudo refere que o Gás Natural poderá reduzi-los em cerca de 12% relativamente aos outros combustíveis fósseis, o que está de acordo com a realidade.
  • No entanto, se o Gás a utilizar for o Biometano, resultante da decomposição de resíduos, o balanço de CO2 é igual a zero. Como o estudo refere, e bem, este gás natural renovável poderá abastecer mais de 95% das necessidades nos transportes.
  • No que se refere ao transporte marítimo, o estudo apresenta alguns dados contraditórios, admitindo que é a solução mais indicada “afigurando-se como uma opção economicamente competitiva, de elevada eficiência e mais limpa”.

No entanto, em relação à qualidade do ar o estudo não refere a contribuição do Gás Natural Veicular, em particular em ambiente urbano:

  • Com reduções de 85% das emissões NOx (Óxido de Nitrogénio);
  • E de praticamente 100% no que se refere ao Dióxido de Enxofre e de Partículas.
  • Adicionalmente será de referir que o ruído é reduzido em mais de 50%.

De acrodo com a nota enviada pela GASNAM , a União Europeia estudou com pormenor técnico e científico durante vários anos a questão da mobilidade limpa, tendo identificado na Diretiva Europeia nº 2014/94/UE os méritos de cada um dos setores da mobilidade limpa, onde se inclui o Gás Natural Veicular. Esses estudos técnicos permitem identificar o forte contributo do GNV para a melhoria urgente da qualidade do ar da maioria das grandes cidades da Europa, algumas delas com índices de poluentes muito acima do limite de perigosidade de saúde publica.

A GASNAM considera que a diversificação de fontes energéticas na mobilidade, contribui para a sustentabilidade e competitividade dos transportes terrestres e marítimos, sendo que as soluções mais adequadas a cada tipo de utilização são variadas. Numa grande parte dos casos, o Gás Natural Veicular é a solução mais vantajosa do ponto de vista da operacionalidade dos veículos e em termos económicos e ambientais.

A consideração de todo o ciclo de vida dos veículos, e não apenas da utilização, é fundamental para uma avaliação correta das emissões. Nesse contexto, o combustível com menor impacto ambiental é o Gás Renovável.

Também ao nível do Gás Renovável, a tecnologia tem evoluído muito rapidamente, sendo hoje viável a sua produção económica e injeção na rede de abastecimento. “De notar que há já empresas portuguesas com tecnologias muito avançadas de produção e purificação de Gás Renovável, apresentando assim o nosso país de um potencial de desenvolvimento deste sector muito relevante”, lê-se.

A GASNAM reitera assim a sua missão: “contribuir para a diversificação das fontes energéticas e para o desenvolvimento da mobilidade sustentável em Portugal”.