Viagens partilhadas? Menos 4 toneladas de CO2 no ar

Viagens partilhadas? Menos 4 toneladas de CO2 no ar

Através de soluções como o uberPOOL, de 4 a 13 de novembro foi possível que diversas pessoas de forma instantânea pudessem partilhar os seus percursos, sendo que consequentemente foi possível também ter mais pessoas em menos carros, e assim economizar o custo da viagem.

Para além disso, esta iniciativa que decorreu em Lisboa contribui também, através da economização de viagens, reduzir as emissões de CO2 na capital portuguesa.

Assim, entre 7 e 10 de novembro, as datas em que Lisboa acolheu o Web Summit, pessoas de 57 nacionalidades distintas escolheram partilhar as suas viagens com o uberPOOL, viajando de forma económica (uma redução de 25% no custo, em comparação com a uberX) mas também de forma mais limpa.

Adicionalmente, o impacto ambiental no longo-prazo que soluções de mobilidade partilhada podem ter são significativas. Só nos primeiros sete meses de 2016, o uberPOOL já poupou mais de 502 milhões de quilómetros automóveis, mais de 23 milhões de litros de combustível e 55 mil toneladas de dióxido de carbono às 33 cidades onde está disponível em permanência.

No caso de Lisboa, em apenas dez dias, os utilizadores que decidiram partilhar as suas viagens pouparam cerca de 4,3 toneladas de CO2 à cidade.

Nas cidades onde as viagens são mais partilhadas, em que as pessoas têm ao seu alcance opções de mobilidade como o uberPOOL, será possível reduzir os congestionamentos de tráfego, complementar as infraestruturas de transportes coletivos, devolver espaço à cidade que hoje é usado para estacionamento, e permitir que as pessoas possam deixar o carro próprio em casa.