ZERO: “Não ao óleo de palma nos nossos depósitos”

ZERO: “Não ao óleo de palma nos nossos depósitos”

Categoria Ambiente, Florestas

A Associação Sistema Terreste Sustentável, ZERO alerta para a o facto de a expansão das plantações para óleo de palma e outras culturas alimentares utilizadas na produção de falsos combustíveis “verdes”, como o biodiesel, está a destruir algumas das últimas florestas tropicais do planeta e a sua preciosa fauna em vias de extinção.

Num exercício de cidadania impressionante, a ZERO revela em nota enviada à Comunicação Social que “630 mil pessoas em toda a Europa mostraram que querem que a União Europeia acabe com os subsídios à utilização de óleo de palma na produção de biocombustíveis”.

No dia 8 de fevereiro, Comissão Europeia apresentou novas regras que podem impedir que o óleo de palma e outras culturas alimentares acabem nos nossos depósitos. As novas regras são positivas, mas são “pouco ambiciosas e contêm exceções que permitem que as gasolineiras continuem a utilizar óleo de palma para biocombustíveis”, lê-se na nota.

Assim, até ao dia 8 de março, existe a oportunidade de sensibilizar a Comissão para que nenhum óleo de palma chegue aos depósitos dos automóveis.

A ZERO apela assim para o “seu” contributo para “salvar a floresta tropical e os seus habitantes”.

Pode particiapar aqui na Consulta Pública!