36 milhões para gastar em dois anos no porto de mar

36 milhões para gastar em dois anos no porto de mar

Os acessos marítimo e terrestre ao porto de mar de Viana do Castelo vão ser melhorados nos próximos dois anos, através de um investimento de 36 milhões de euros, refere o Jornal de Notícias.

Aumentar a capacidade de acolhimento de navios, em quantidade e dimensão, melhorar a acessibilidade rodoviária e do canal de navegação, e proporcionar condições de apoio ao crescimento industrial naval e concessão da marina atlântica são objectivos de um plano de ação anunciado ontem pela ministra do Mar, Ana Paula Vitorino.

Do investimento deverá resultar em crescimento do porto estimado em “30 milhões de euros/ ano, assente num aumento de 67% da indústria naval”.

“Vamos permitir que o porto de Viana do Castelo aumente o seu mercado a nível mundial. É preciso apostar na sua competitividade e na das indústrias instaladas. Para isso vamos melhorar as acessibilidades rodoviárias, porque agora os camiões para chegar têm de atravessar ruas urbanas, e as marítimas, para permitir que navios maiores possam chegar”, declarou Ana Paula Vitorino.

A governante adiantou ainda que benficiários do futuro investimento serão grandes empresas como a West Sea, instalada no espaço dos antigos Estaleiros Navais de Viana do Castelo (ENVC). “Com o aprofundamento do canal, vamos aumentar para o dobro o número de navios que potencialmente poderá vir a utilizar esta indústria naval”, disse.