Águas do Norte inicia projeto de Educação Ambiental

Águas do Norte inicia projeto de Educação Ambiental

Na passada sexta-feira, a Águas do Norte lançou o livro “O Senhor Ribeiro e o Guarda-rios” cuja cerimónia oficial – na sede em Vila Real – foi presidida pelo ministro do Ambiente e da Transição Energética.

Na sequência de uma candidatura apresentada pela Águas do Norte, ao Fundo Ambiental, esta
Concessionária do sistema multimunicipal de abastecimento de água e de saneamento do Norte de Portugal viu aprovado o financiamento para promover e operacionalizar uma campanha de Educação Ambiental no âmbito do programa “Valorização do Território – Proteção da Paisagem e dos Recursos — Ciclo Urbano da Água – Proteção da Água”.

A Águas do Norte iniciou assim um projeto de atividades didáticas e de educação ambiental, que inclui um livro infantojuvenil, que passará a mensagem às crianças da necessidade de proteger o território, a natureza, a paisagem e a água, reeducando os hábitos da comunidade no uso sustentável da água, através de uma atividade lúdica e inserida numa abordagem ao ciclo da água.

Paralelamente foi desenvolvida uma aplicação para telemóvel, a disponibilizar às crianças e jovens, que servirá como instrumento complementar à leitura e interação lúdica do livro, a qual incluirá dicas e estímulos comportamentais e outros conteúdos didáticos e pedagógicos. Nesta sessão de apresentação foi feita uma narrativa ilustrada, pelos dois autores da obra, Pedro Seromenho, escritor, e Sebastião Peixoto, ilustrador da história.

A sessão oficial de lançamento do livro e da App, que foi presidida pelo ministro do Ambiente e da Transição Energética, estiveram também presentes o presidente do Conselho de Administração do Grupo Águas de Portugal, e várias entidades ligadas ao setor da água.

A Águas do Norte iniciou a atividade a 30 de junho de 2015 e, enquanto entidade gestora do sistema
multimunicipal de abastecimento de água e de saneamento do Norte de Portugal, em “alta”, é responsável pela captação, tratamento e abastecimento de água para consumo público e pela recolha, tratamento e rejeição de efluentes domésticos, urbanos e industriais.

Assume ainda a exploração e gestão do sistema de águas da região do Noroeste, reunindo numa única entidade gestora, os serviços de abastecimento de água e de saneamento de águas residuais em “alta” (prestados aos Municípios) e em “baixa” (prestados aos utilizadores finais, os munícipes), de forma regular, contínua e eficiente.