APRH promove debate sobre o rio Tejo e o enquadramento na Convenção de Albufeira e na Diretiva Quadro da Água

APRH promove debate sobre o rio Tejo e o enquadramento na Convenção de Albufeira e na Diretiva Quadro da Água

Categoria Advisor, Agenda

A Associação Portuguesa dos Recursos Hídricos (APRH) vai promover no dia 30 de outubro uma sessão-debate sobre o rio Tejo e o enquadramento na Convenção de Albufeira e na Diretiva Quadro da Água. O motivo deste debate deve-se sobretudo da importância que tem o “assunto do cumprimento do regime de caudais no âmbito da Convenção de Albufeira e o bom funcionamento dos rios em termos ecológicos, sociais e económicos”, pode ler-se numa nota enviada à imprensa.

Esta sessão vai realizar-se das 14h30 às 16h30, no Pequeno Auditório do centro de Congressos do LNEC e estão convidados investigadores, técnicos e representante de uma ONG de Ambiente (GEOTA). A sessão será moderada pela jornalista Carla Tomás do Jornal EXPRESSO.

Os objetivos centrais desta sessão incluem:

  • Disponibilizar informação técnica e cientifica sobre os dados hidrológicos e hidrométricos no Tejo.
  • Debater de forma integrada o funcionamento do sistema atual das barragens existentes no rio Tejo, suas funções e eventual adaptação às necessidades de regulação dos caudais em contexto de escassez de água.
  • Fazer uma avaliação geral da aplicação da Convenção de Albufeira e do Protocolo Adicional de Regime de Caudais, relativamente ao Tejo e  debater a necessidade de integrar esta avaliação no âmbito da aplicação da Diretiva Quadro da Água.
  • Identificar alternativas concretas e recomendações de política.