Arranca hoje 17º ENASB em Guimarães

Arranca hoje 17º ENASB em Guimarães

Categoria Advisor, Agenda

Arrancou hoje, em Guimarães, o 17º ENASB – Encontro de Engenharia Sanitária e Ambiental cuja Cerimónia de Abertura contou com a presença do Ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes. O evento irá decorrer de 14 a 16 de setembro no Centro Cultural Vila Flor e reúne cerca de 400 especialistas mundiais das áreas dos resíduos e da água. O evento tem uma organização conjunta da APESB – Associação Portuguesa de Engenharia Sanitária e Ambiental, da Câmara Municipal de Guimarães, das Águas do Norte, S.A., da LIPOR, da RESINORTE, da Universidade do Minho, da VIMAGUA e da VITRUS.

O 17.º ENASB decorre numa altura em que, à escala mundial se discute o presente modelo de desenvolvimento e se analisa e perspetiva uma mudança de paradigma. A Engenharia Sanitária desempenha um papel fundamental na saúde e bem-estar, pelo que o tema especial do evento, “A Engenharia Sanitária nas Cidades do Futuro”, não poderia, por isso, ser mais atual e oportuno. A necessidade de se promover um balanço do trabalho desenvolvido no âmbito dos planos estratégicos em curso, e de discutir os passos a seguir para encarar os novos desafios sugerem um esforço integrado de todos os atores envolvidos (administração central, municípios e entidades privadas) na procura de soluções sustentáveis, nas suas dimensões económicas, sociais e ambientais, que garantam condições de exequibilidade à concretização das ambiciosas metas estabelecidas, para esses domínios, em Portugal.

Haverá também a oportunidade de conhecer e refletir sobre temas estruturantes para o futuro deste setor.

Em diferentes Painéis, com a presença de especialistas nacionais e internacionais, será debatida a situação das “Águas Pluviais”, a “Economia Circular” e o “Financiamento do Setor”.

Este debate conta com a presença de mais de duas dúzias de oradores especialistas nacionais e internacionais, e mais três centenas de participantes, de Autarquias, Entidades Gestoras, Universidades e Organismos de Investigação, Empresas de Construção e de instalação de Equipamentos, de Consultores e de Entidades Gestoras.

Para além das sessões plenárias, decorrerão sessões técnicas de temas gerais, em paralelo, com a apresentação e discussão de desenvolvimentos científicos, inovações e opções tecnológicas atualmente disponíveis e casos de sucesso na gestão eficiente das infraestruturas e de instalações especiais na área da Engenharia Sanitária.