Assinatura de Contrato do abastecimento de água a Ortiga realiza-se em Mação

Assinatura de Contrato do abastecimento de água a Ortiga realiza-se em Mação

Categoria Águas, Ambiente

Vai realizar-se amanhã, quinta-feira, no salão nobre da Câmara Municipal de Mação, a cerimónia de assinatura do contrato da empreitada de “Beneficiação dos sistemas autónomos para garantia da qualidade da água – Sistema de Ortiga (Município de Mação)”. De acordo com a informação enviada à imprensa, o município refere que evento conta com as presenças do secretário de Estado do Ambiente, Carlos Martins, do presidente da Câmara Municipal de Mação, Vasco Estrela, e do residente da Águas do Vale do Tejo, José Manuel Sardinha.

A empreitada, adjudicada por “640 mil euros, pretende assegurar a reabilitação do sistema de abastecimento de água potável a Ortiga, mediante a remodelação geral das infraestruturas existentes, em particular ao nível das condutas adutoras e reservatórios”, lê-se na nota. Serão construídos 5 km de condutas de abastecimento e dois novos reservatórios, o de Pontão, com duas células de 100 m3 e equipado com um sistema de filtração e desinfeção e da Lagoinha, com 100 m3.Inclui-se ainda a reabilitação do Reservatório do Campo de Futebol. Estas obras permitirão reforçar a qualidade do abastecimento a uma população de cerca de 640 habitantes.

Na cerimónia será apresentado o Sistema de Abastecimento de Água ao Município de Mação, recentemente concluído, e que representa um investimento global de cerca de 7 milhões de euros, cofinanciado por fundos comunitários em 70%. Estes investimentos permitiram alterar as origens de água, substituindo as captações subterrâneas anteriormente utilizadas, por novas origens, como a Albufeira da Barragem de Castelo de Bode e a Albufeira de Corgas.Esta intervenção, tal como a agora iniciada em Ortiga, contribuiu para a melhoria do nível de vida, dando resposta aos problemas relacionados com o abastecimento de água à população.

Seguir-se-á visita à ETAR de Ortiga, que entrará em fase de pré-arranque, e respetivo sistemas elevatórios (obra a decorrer com conclusão prevista para o início de 2019), a qual corresponde um investimento de 640 Mil Euros e que permitirá a desativação de duas instalações compactas, contribuindo para melhoramento da qualidade de vida da população.