Banco Africano de Desenvolvimento aprova 12,5 milhões de euros para Moçambique enfrentar mudanças climáticas

Banco Africano de Desenvolvimento aprova 12,5 milhões de euros para Moçambique enfrentar mudanças climáticas

O Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) aprovou um apoio financeiro de 12,5 milhões de euros a Moçambique para executar o Projeto de Recuperação da Seca e Resiliência Agrícola (DRARP), noticia a Lusa. “O projeto está voltado para o desenvolvimento das capacidades das comunidades rurais para enfrentar os desafios das mudanças climáticas, pobreza, insegurança alimentar e degradação da terra”, refere-se num relatório divulgado pelo BAD na terça-feira.

Durante um período de cinco anos está previsto o fornecimento de infraestruturas de rega, melhoria das atividades de produção e comercialização de alimentos, bem como capacitação das comunidades afetadas. O projeto será implementado em quatro distritos expostos à seca – Magude, Matutuine, Chigubo e Chibuto -, com um total de cerca de 20 mil beneficiários diretos e 20 mil beneficiários indiretos, indica o documento. Com comercialização de alimentos melhorada, prevê-se no projeto que seja possível “aumentar a resiliência das comunidades face às mudanças climáticas”, conclui.