Biotherm incorpora Rótulo de Impacto Social e Ambiental nos seus produtos em Portugal

Biotherm incorpora Rótulo de Impacto Social e Ambiental nos seus produtos em Portugal

Categoria Sustentabilidade

A Biotherm incorpora nos seus produtos em Portugal o Rótulo de Impacto Social e Ambiental com o objetivo de ajudar o consumidor a tomar decisões de compra responsáveis. Esta rotulagem, criada em 2020, pelo Grupo L’Oréal, do qual a marca faz parte, é pioneira no setor e dá ao produto uma pontuação baseada no seu perfil sustentável através de uma escala de A, o melhor perfil, para E, o mais suscetível a melhorias.

Para desenvolver esta rotulagem, que já estava presente no país noutras marcas do Grupo, como em Garnier e L’Oréal Paris, foram considerados 14 fatores de impacto ambiental, tais como: “emissões de gases com efeito de estufa, escassez de água, acidificação dos oceanos ou impacto na biodiversidade”. Estes impactos são “medidos e calculados em todas as fases do ciclo de vida de um produto”, tendo em conta não só “o abastecimento, a produção e o transporte”, mas também “a fase de utilização por parte do consumidor”, refere a marca.

Além disto, o rótulo inclui informações importantes sobre os aspetos sociais de um produto. Por exemplo, “se os fornecedores cumprem os princípios laborais do Pacto Global das Nações Unidas, ou se estão comprometidos com o abastecimento solidário, ou seja, dão acesso ao trabalho e ao rendimento sustentável às pessoas que normalmente são excluídas do mercado de trabalho”, lê-se num comunicado.

‘Blue Beauty’, o compromisso da Biotherm com a sustentabilidade

Desde a sua criação, a Biotherm tem estado fortemente comprometida com o meio aquático, demonstrado pela criação do seu ingrediente único e patenteado, o Life Plankton ou pelo seu compromisso com a proteção dos oceanos, através da plataforma Water Lovers, que tem mais de 10 anos. Agora vai mais longe com Blue Beauty, uma estratégia abrangente, cujo principal objetivo é a redução do impacto ambiental na sua cadeia de valor.

Como parte destes esforços para minimizar o impacto das suas embalagens, a Biotherm e o Grupo L’Oréal assinaram um acordo com o laboratório Possible Future com o objetivo de redesenhar a embalagem do seu serúm Life Plankton Elixir. Como resultado, incorporou 25% de vidro reciclado e tornou-se recarregável, permitindo assim que o mesmo recipiente seja utilizado várias vezes, dando-lhe uma segunda vida útil e reduzindo o consumo de recursos, lê-se no mesmo comunicado.

No âmbito da estratégia de Blue Beauty, a marca colocou especial foco nos produtos de proteção solar, que se tornaram um dos maiores problemas para espaços naturais como os recifes de coral.

Reforçando ainda os esforços na conservação dos oceanos e vida marinha, a Biotherm colabora também com organizações como a Mission Blue e a oceanógrafa Sylvia Earle, ou a Fundação Tara Ocean; bem como com a Ecoalf e com o ‘Projeto Libera’, através do programa ‘Rios Limpos, Salvar Oceanos’, que nasceu há dois anos com o objetivo de resolver o problema do ‘lixo’ nos rios, antes de chegar ao mar.