Cientistas mundiais discutem o mar

Cientistas mundiais discutem o mar

Começa hoje, no Centro Cultural e de Congressos, na cidade de Aveiro, um encontro que reúne cerca de 400 cientistas de todo o mundo para discutir o fundo do mar e os ecossistemas marinhos, indica o Jornal de Notícias.

A iniciativa, do departamento de Biologia da Universidade de Aveiro, pretende abordar “temas emergentes” como a “perturbação ambiental do mar profundo ligada à exploração de recursos hídricos e abióticos”, “a pesca de arrasto ou a exploração de minerais, petróleo e gás, e “as questões de governança, gestão de áreas marinhas protegidas e conservação dos ecossistemas”, entre outros, explica a academia.

O 14º “Deep-Sea Biology Symposium”, que termina a 4 de setembro, quer ser um “espaço para intercâmbio de informações sobre as mais recentes explorações de profundidade e avanços científicos”. Além disso, os simpósios, acrescenta a organização, são, também, “fontes de cooperação e formação de novos grupos de pesquisa e projetos” sobre aquele que é “o maior ecossistema da terra” e que “ainda tem muito para descobrir”.