Comissão Europeia lança consulta sobre futuro plano para garantir segurança alimentar em tempos de crise

Comissão Europeia lança consulta sobre futuro plano para garantir segurança alimentar em tempos de crise

A Comissão Europeia lançou esta segunda-feira uma consulta sobre um plano de contingência para garantir o abastecimento alimentar e a segurança alimentar em toda a União Europeia (UE) em tempos de crise, tal como anunciado na Estratégia “do Prado ao Prato”.

Esta consulta, segundo o boletim informativo da Comissão, visa recolher opiniões sobre a forma, a natureza e o âmbito do plano. As partes interessadas envolvidas na cadeia de abastecimento alimentar, tais como produtores, transformadores, distribuidores ou operadores de transportes, bem como consumidores, sociedade civil e autoridades nacionais, são convidadas a apresentar os seus pontos de vista por um período de oito semanas, de 1 de março a 26 de abril de 2021.

Tal como consta da Estratégia “do Prado ao Prato”, a Comissão pretende intensificar a coordenação da resposta europeia às crises que afetam o sistema alimentar da UE e garantir a segurança alimentar. Para o efeito, “o plano de contingência incluirá um conjunto de procedimentos a seguir em tempos de crise”, bem como “a criação de um mecanismo de resposta às crises alimentares” coordenado pela Comissão, envolvendo os Estados-Membros e, eventualmente, setores como a agricultura, as pescas, os transportes e a saúde, lê-se no boletim. O mecanismo, segundo a Comissão assumirá a forma de um fórum permanente para coordenar ações, intercambiar boas práticas e avaliar ameaças e riscos.

Em consonância com a Estratégia “do Prado ao Prato” do Pacto Ecológico Europeu e com os seus objetivos, o plano deve visar uma “maior sustentabilidade ambiental, económica e social para um sistema alimentar da UE resiliente”, diz o boletim.