DGRM avança com investimento de mais de dois milhões de euros em dragagens

DGRM avança com investimento de mais de dois milhões de euros em dragagens

Seguindo orientações da ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, a Direção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM) tem em curso um investimento de cerca de dois milhões de euros em dragagens nos portos de Lagos, Peniche, Póvoa de Varzim e Vila do Conde. De acordo. De acordo com a DGRM,  “estas dragagens respondem assim, às necessidades de intervenção para salvaguarda da segurança no acesso a embarcações e melhoria das condições de navegabilidade nestes portos”.

Para os portos de Lagos e de Peniche foi aberto, no passado mês de junho, o respetivo concurso público para as dragagens, com os dois lotes, no montante de 413.000€ em Lagos, com um volume de  79.000m3 de sedimentos a dragar e prazo de execução de 3 meses. Já em Peniche o investimento será de cerca de 792.000€, com um volume de 113.000 m3 e prazo de execução de 4 meses. Igualmente em Vila do Conde já foi aberto o respetivo procedimento concursal, após o levantamento das quantidades a dragar. Em relação à dragagem do porto de Póvoa de Varzim, foi já adjudicada e os trabalhos iniciam-se esta semana. O investimento representa 500.000€ para a dragagem de 110.000 m3 de sedimentos, devendo decorrer durante cerca de 4 meses.

No conjunto das quatro intervenções, prevê-se um investimento total de cerca de 2 milhões de euros. Com estas decisões, a Ministra do Mar responde assim às necessidades de investimento de salvaguarda das medidas de operacionalidade no acesso aos referidos portos de pesca.