Dispositivo de combate a incêndios em Portugal está subdimensionado

Categoria Home

Em declarações ao Diário Económico, o presidente da Liga de Bombeiros, Duarte Caldeira, considera que a capacidade do dispositivo de combate aos incêndios em Portugal “está a enfraquecer dia-a-dia, muito em consequência do excesso de ocorrências que se verifica”. De acordo com o responsável o dispositivo de combate a incêndios em Portugal estava preparado para responder com eficácia a 250 ocorrências e o número já superou uma média diária de 400. Para este responsável, “não há memória em Portugal de um número de ocorrências como o que se tem verificado”.