EDP Renováveis já pode avançar com parque eólico em março

EDP Renováveis já pode avançar com parque eólico em março

Categoria Ambiente, Energia

O Governo deu luz verde à construção do parque eólico flutuante da EDP Renováveis ao largo de Viana do Castelo, depois da revisão de custos do projeto para as tarifas elétricas, noticia hoje o Público.

O processo de licenciamento do projeto Windfloat – que prevê a instalação de três turbinas no mar – ficará concluído até ao final do ano.

A Repsol, a Engie, a Mitsubishi e a Chiyoda são parceiros da EDP no projeto de 115 milhões, que tem tarifas subsidiadas e apoios de Bruxelas e do Estado português.