EPAL e Águas do Vale do Tejo promovem Interior de Portugal através de trilhos da água

EPAL e Águas do Vale do Tejo promovem Interior de Portugal através de trilhos da água

Categoria Águas, Ambiente

De 26 a 30 de agosto, o instagramer João Bernardino, em parceria com a EPAL (Empresa Portuguesa das Águas Livres, S.A.) e a AdVT – Águas do Vale do Tejo, percorreu uma rota de trilhos da água, passando por praias fluviais de excelência do Interior de Portugal.

A passagem por estes locais, segundo a EPAL, serviu de “pretexto para sensibilizar para a proteção dos recursos hídricos, para o consumo de água da torneira e para a promoção do turismo nos municípios da área de atuação das duas empresas”.

Numa altura em que todos estão a redescobrir o país, o fotógrafo e instagramer João Bernardino percorreu assim dez praias fluviais, seguindo de autocaravana por um roteiro que o levou de sul para norte, por áreas de intervenção da EPAL e AdVT, tendo produzido conteúdos e partilhado na sua conta de instagram.

Segundo o fotógrafo, “a importância da qualidade da água assegurada pelas duas empresas, num turismo ambientalmente sustentável, é o fio condutor de um trajeto que visa igualmente a sensibilização para as vantagens do consumo de água da torneira e da qualidade da água no meio ambiente”.

“Porque beber água da torneira é a escolha mais amiga do ambiente e também a mais económica, deve ser a opção sustentável de todos. Além disso, o consumo e transporte de água da torneira é muito prático. A qualidade da água da torneira que se bebe em 87 municípios de Portugal é assegurada pela EPAL que realiza mais de 300 mil análises por ano, tornando a água um dos produtos alimentares mais controlados em Portugal”, acrescenta João Bernardino que destaca a importância da “confiança na sua qualidade”.

Das 10 praias fluviais que foram visitadas, nove são detentoras de bandeira azul e, invariavelmente, “todas com cenários naturais de grande impacto para criar conteúdos de sensibilização ambiental. Importa referir, nesta área, o importante trabalho da Águas do Vale do Tejo no tratamento das águas residuais e na qualidade da água devolvida ao meio ambiente. Este trabalho é determinante para que estas praias possam ostentar o galardão de bandeira azul, fator determinante para a afluência de turistas e para o desenvolvimento económico das regiões”, refere o influenciador digital.

Ao todo, este roteiro familiar foi de 1000 quilómetros.
Foto: Instagram da EPAL; créditos: João Bernardino