Escola Azul: Alunos de escolas de Olhão realizam atividades relacionadas com a ecologia marinha

Escola Azul: Alunos de escolas de Olhão realizam atividades relacionadas com a ecologia marinha

No dia 6 de fevereiro, a comunidade escolar da E.B. 2,3 Dr. João Lúcio, em Bias do Sul, pertencente ao Agrupamento de Escolas Dr. Francisco Fernandes Lopes, em Olhão, assistiu ao hastear da bandeira “Escola Azul”.

A “Escola Azul” é um programa educativo do Ministério do Mar que tem como missão promover a Literacia do Oceano em Portugal. A escola procedeu à referida candidatura no ano letivo de 2018 / 2019 e acabou, no mesmo ano, por ser integrada na rede “Escola Azul”.

Ao longo desse ano letivo, os alunos realizaram várias atividades relacionadas com a ecologia marinha. A mais significativa destas atividades decorreu no dia 2 de abril de 2019 quando, em apenas três horas de intenso trabalho, os alunos conseguiram recolher o equivalente a quatro toneladas de lixo, numa extensão de dois quilómetros junto à ecovia da Fuseta, integrada no parque natural da Ria Formosa.

Após a cerimónia de entrega de Prémios de Valor, Mérito e Excelência aos alunos da referida escola, foram apresentados os alunos designados embaixadores “Escola Azul” e o professor coordenador da iniciativa, António Espadaneira, tendo-lhes sido, também, atribuídos os respetivos diplomas e medalhas,

Estas cerimónias, presididas pelo diretor do Agrupamento de Escolas Dr. Francisco Fernandes Lopes, Idalécio Nicolau, e pela coordenadora de Estabelecimento da E. B. 2, 3 Dr. João Lúcio, Fátima Duarte, tiveram como convidados o presidente da União de Freguesias de Moncarapacho e Fuseta, Manuel Carlos, e o comandante do Porto de Olhão, capitão-tenente André Cardoso de Morais. Coube a este último, pelo simbolismo do cargo que desempenha, e ao Diretor do Agrupamento de Escolas o hastear a bandeira, que se manterá visível a toda a comunidade.