Fogos em Castelo Branco mobilizam mais de mil operacionais

Fogos em Castelo Branco mobilizam mais de mil operacionais

Incêndios no distrito de Castelo Branco mobilizavam às 7:46 mais de mil operacionais e obrigaram ao corte de várias estradas, segundo informação da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANP), avançada esta manhã pela Lusa.

De acordo com informação disponível na página da Internet da ANPC, o incêndio que mais preocupa é o que lavra desde domingo na localidade de Mosteiro de São Tiago, freguesia de Várzea dos Cavaleiros, concelho da Sertã, no distrito de Castelo Branco. Este fogo, com duas frentes ativa, está a ser combatido por 736 operacionais, com o auxílio de 224 meios terrestres.

O incêndio deflagrou na tarde de domingo no concelho da Sertã, distrito de Castelo Branco, tendo as chamas entrado no concelho de Mação, distrito de Santarém, e obrigado à retirada de pessoas de três aldeias. Devido ao incêndio, estão cortadas, segundo a ANPC, a Estrada Nacional 224 em Mesão e Cardigos, Estrada Municipal 526-1 em Várzea dos Cavaleiros e a Estradas Municipal 538 em Vale do Pereiro-Vale Junça.

Também no distrito de Castelo Branco, continua por dominar o incêndio em Vale de Coelheiro, freguesia de Santo André das Tojeiras que mobiliza 250 operacionais, com o apoio de 80 veículos. Por causa deste incêndio estão cortadas a Estrada Nacional 3 e Itinerário Principal (IP) 2 entre Alvaiade e Sarnadas de Ródão e a Estrada Municipal Bugios-Sarnadinha.

Em fase de resolução está o incêndio que deflagrou no domingo à tarde na localidade de Domingos da Vinha, freguesia de Belver, concelho de Gavião, distrito de Portalegre, encontrando-se no local 310 operacionais, com o apoio de 101 veículos. Este incêndio obrigou ao corte da Estrada Municipal 1010 em Domingos da Vinha e Areia, a Estrada Municipal 1020-2 em Outeiro Fundeiro e Outeiro Cimeiro e Estrada 1011 Alvisquer e Areia.

Às 7:46, a ANPC dava conta de 16 incêndios ativos, dois em curso, quatro em resolução e 10 em fase de conclusão.

*Foto de Reuters (Fonte: Notícias ao Minuto)