Funchal selecionado para prémio Capital Verde Europeia 2019

Funchal selecionado para prémio Capital Verde Europeia 2019

O Funchal acaba de ser selecionado para o Prémio Capital Verde Europeia 2019, promovido pela Comissão Europeia. O município é um dos candidatos a incorporar a lista de 14 finalistas. Até abril de 2017, serão analisadas as práticas e iniciativas futuras a nível ambiental dos candidatos ao prémio.

O galardão da Comissão Europeia que pretende homenagear cidades com práticas ambientais exemplares, inovadores e sustentáveis será válido para o ano de 2019. Depois de uma primeira deliberação do júri, foram selecionadas 14 cidades de Itália, Roménia, Bélgica, Albânia, Finlândia, Noruega, Hungria, Espanha, França, Estónia, Polónia e Portugal. Para além do Funchal, também Lisboa foi escolhida para representar o país.

O prémio é anual, mas implica uma candidatura com três anos de antecedência. Serão avaliados 12 domínios, nomeadamente: mitigação e adaptação de alterações climáticas, transporte local, áreas urbanas verdes que incorporem o uso sustentável do terreno; natureza e biodiversidade, qualidade ambiental do ar, produção e gestão do lixo, gestão da água, tratamento de águas residuais, eco-inovação e empregos sustentáveis, performance do setor da energia e gestão ambiental integrada.

Para o presidente da capital madeirense, Paulo Cafôfo, “este é mais um reconhecimento internacional das boas práticas ambientais que têm vindo a ser seguidas pelo município e dos investimentos na área da sustentabilidade”. O autarca realça ainda que o Funchal “é um dos poucos municípios do país que terão, até ao fim do ano, uma Estratégia Municipal de Adaptação às Alterações Climáticas”. “Os esforços da cidade na área ambiental continuam a ter projeção internacional, depois do segundo galardão ECOXII, da Associação Bandeira Azul da Europa, recebido no mês passado”, acrescenta por fim.