Fundação Ageas planta 5.000 novas árvores no Pinhal de Leiria

Fundação Ageas planta 5.000 novas árvores no Pinhal de Leiria

Categoria Ambiente, Florestas

A Fundação Ageas regressou ao Pinhal de Leiria para dar continuidade ao trabalho iniciado em 2018 e atingir o
marco de 30 mil árvores plantadas. Além de cuidarem das 25 mil plantadas em 2018, os cerca de 200 voluntários, plantaram 5 mil novas árvores. Em comunicado a Fundação Ageas afirma que a ação traduz o seu compromisso e a sua preocupação para com a sociedade, quer a nível de envolvimento e consciencialização dos seus voluntários, quer na sua preocupação com o ambiente e o seu legado.

Para Célia Inácio, presidente da Fundação Ageas “O Pinhal do rei não pode ser esquecido. A sua replantação vai durar anos e muitas ações serão necessárias para devolver a beleza desta Mata Nacional. Por  isso, voltámos lá, pela terceira vez, com 200 voluntários da Fundação Ageas, em parceria com o nosso parceiro Quercus e com o apoio do ICNF.  Plantámos, em família, mais 5.000 pinheiros – que se juntaram aos  25.000 já plantados por nós – e cuidamos dos que não vingaram da plantação anterior. Um grande bem-haja aos voluntários que aceitaram este desafio. Voltaremos lá!”.

A primeira ação, após os incêndios que destruíram mais de 80% dos 11.000 hectares do Pinhal do Rei, decorreu em março de 2018 e contou com 190 voluntários que plantaram 5.000 árvores. Em outubro do mesmo ano, a Fundação Ageas assinalou os seus 20 anos com uma segunda plantação, sob o mote “20 anos – 20 mil árvores”, onde 206 voluntários plantaram 20.000 árvores.

Todas estas intervenções estão inseridas no Plano de reflorestação do Pinhal do Rei, assegurado pelo parceiro Quercus e pelo ICNF – Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas. A nova ação da Fundação Ageas no Pinhal de Leiria está já agendada para dia 21 de novembro de 2020, assinalando assim o Dia Nacional das Florestas Autóctones que se comemora dia 23 de novembro.

Foto cedida pela Fundação Ageas