Dia da Limpeza Costeira elimina 19 toneladas de lixo do oceano

Dia da Limpeza Costeira elimina 19 toneladas de lixo do oceano

A semana de comemoração do Dia Internacional de Limpeza Costeira, que contou com mais de 170 ações de limpeza, culminou num evento sem precedentes organizado pela Fundação Oceano Azul em parceria com o Navio Santa Maria Manuela.

Em Sesimbra, no Parque Marinho Luís Saldanha, decorreram, 11 ações de limpeza subaquática, que juntaram mais de 200 mergulhadores amadores voluntários. O ministro do Mar, Ricardo Serrão Santos também se aliou a esta iniciativa tendo realizado um mergulho para recolha de lixo marinho, informa em comunicado a Fundação Oceanos Azul.

Pela primeira vez e em parceria com o “Projeto Quando +1 é = -1”, a Fundação Oceano Azul desafiou centros e escolas de mergulho a juntarem-se à iniciativa e a adesão foi positiva: “realizaram-se 35 ações de limpeza subaquática, em todo o país, com a participação de cerca de 500 mergulhadores”, refere a Fundação.

Até ao momento, segundo o mesmo comunicado, foram apurados os “resultados de 70 ações, que contaram com o envolvimento de 1.250 pessoas, limparam perto de 130 km de costa e recolheram 19 toneladas de lixo”. As ações decorreram de norte a sul do país e também nos Arquipélagos da Madeira e dos Açores.

Esta celebração do Dia Internacional da Limpeza Costeira foi um desafio lançado pela Fundação Oceano Azul que se congratula com a “grande adesão de organizações e voluntários a esta iniciativa, que visa combater um dos maiores problemas ambientais do planeta: o lixo marinho”.