Generali é parceiro oficial da COP21

Generali é parceiro oficial da COP21

A Generali, através da sua participada em França, é a parceira oficial da COP21, contribuindo para um debate alargado sobre o combate às alterações climáticas. A Generali, enquanto parceira oficial da iniciativa, está profundamente empenhada em abordar as consequências das alterações climáticas, trabalhando para garantir um resultado positivo para a Conferência.

Os participantes da COP21 vão discutir os termos de um novo acordo que por sua vez irá permitir que o Protocolo de Quioto avance para o próximo nível. O evento desempenhará um papel fundamental na avaliação se os países estarão em posição de evitar consequências irreversíveis para o ambiente e para a economia global.

As alterações climáticas são agora uma tendência indiscutível, com o número crescente de catástrofes relacionadas com o clima, como tempestades, chuvas fortes e inundações demonstram. Esta tendência tem também consequências diretas para o setor dos seguros, com aumento dos danos materiais e, consequentemente, um maior número de sinistros, explica a empresa, em comunicado. Este contexto desafiante exige que as seguradoras encontrem novas soluções para os seus clientes e formas de gerir os novos riscos e o desenvolvimento de políticas que promovam práticas mais respeitadoras do ambiente. Estas são as razões que fundamentam a decisão da Generali para se juntar à COP21 como parceiro oficial, com as alterações climáticas como uma das suas prioridades e responsabilidades.

A Generali está a tomar várias medidas para reduzir o seu impacto ambiental junto da sua carteira de clientes. Disponibilizando serviços de consultoria para clientes empresariais e profissionais, através do programa de auditoria de desempenho Generali Performance Global, a Generali apoia e guia os seus clientes em abordagens que podem reduzir a sua pegada de carbono com base em práticas orientadas para a vida sustentável.