Iberdrola torna-se a primeira energética 100% renovável do Reino Unido

Iberdrola torna-se a primeira energética 100% renovável do Reino Unido

Categoria Advisor, Empresas

A Iberdrola, através da sua filial ScottishPower, decidiu vender os seus ativos de geração tradicional no Reino Unido à empresa Drax Smart Generation, filial do grupo Drax, por 702 milhões de libras (801 milhões de euros).

Deste forma, a empresa converte-se na primeira energética integrada do país a ser 100% renovável, desprendendo-se de 2.554 megawatts (MW) de potência de geração tradicional, que inclui, principalmente, as instalações de ciclo combinado de gás, após ter fechado, nos últimos anos, as restantes centrais elétricas a carvão que tinha no país.

Esta operação – sujeita às aprovações ordinárias de terceiros neste tipo de transações – é um novo passo no compromisso do Grupo Iberdrola para atingir a meta de uma economia descarbonizada, onde o setor elétrico deve desempenhar um papel-chave.

O presidente da Iberdrola, Ignacio Galán, destaca o compromisso da Iberdrola com o Reino Unido: “É um mercado fundamental para nós e um dos pilares presentes e futuros do Grupo, onde investiremos 5,5 mil milhões de libras até 2022, especialmente para aumentar a nossa capacidade renovável, desenvolver mais redes, mais inteligentes, e oferecer soluções mais personalizadas e eficientes aos nossos clientes.”

Assim sendo, a empresa continuará a reforçar o seu peso no Reino Unido, onde já possui uma potência eólica de 2.700 MW instalados ou em construção, além de uma carteira de projetos superior a 3.000 MW. Desta capacidade, a maior parte (2.900 MW) corresponde a projetos eólicos marinhos. Estes novos planos somam-se ao parque de East Anglia One (atualmente em construção), que terá uma capacidade de 714 MW e será o maior parque eólico marinho do mundo quando entrar em funcionamento, em 2020.

Ignacio Galán ressalvou que esta operação faz parte da “rotação habitual de ativos da empresa”, que “o mundo está em mudança” e que “as empresas energéticas devem ser uma parte da solução para as mudanças climáticas e não uma parte do problema”.

 Plano de rotação de ativos

O desinvestimento do negócio de geração tradicional no Reino Unido enquadra-se no plano de rotação de ativos de 3 mil milhões de euros que a Iberdrola anunciou no último mês de fevereiro, coincidindo com a apresentação das suas Perspectivas Estratégicas 2018-2022.

Esta operação no Reino Unido relaciona-se com a venda do Negócio de armazenamento de gás nos Estados Unidos e com a participação minoritária na Tirme. A quantia total das transações anunciadas em 2018 ultrapassa os mil milhões de euros.