Indico arranca com primeiro fundo português dedicado à economia do mar

Indico arranca com primeiro fundo português dedicado à economia do mar

A sociedade de capital de risco portuguesa Indico Capital Partners já apresentou o seu novo fundo dedicado à economia dos oceanos, o Indico Blue Fund. Com 50 milhões de euros, dos quais já foram angariados 36 milhões em apenas quatro meses de subscrição, será o primeiro fundo ativo em Portugal integralmente consagrado à economia do mar. Todo o seu capital é privado.

A apresentação deste novo fundo da Indico Capital Partners – sociedade fundada por Stephan Morais, Cristina Fonseca e Ricardo Torgal – foi feita na sede da Cuatrecasas Portugal, em Lisboa, e contou com a presença do ministro de Estado e da Economia, Pedro Siza Vieira, a encerrar a sessão. Antes houve uma intervenção online do ministro do Mar, Ricardo Serrão Santos. A apresentação contou com a participação do Fórum Oceano, do qual a Indico Capital Partners é membro.

“Ao desenhar este fundo para a economia azul optámos por não o especializar apenas em startups inovadoras ligadas ao mar, orientando-o também para PME’s exportadoras com negócios no setor dos oceanos”, afirma Stephan Morais. “O mercado reagiu de imediato, com investidores portugueses e estrangeiros a demonstrarem uma grande confiança no potencial de rentabilidade que a economia do mar em Portugal oferece nos próximos anos”.

O Indico Blue Fund estará não só orientado para a inovação, exportações e para o desenvolvimento tecnológico, mas também para a sustentabilidade procurando medir o impacto das empresas nos oceanos e desenvolver soluções que mitiguem os efeitos das alterações climáticas.