IPS renova Galardão Eco Escolas pelo terceiro ano consecutivo

IPS renova Galardão Eco Escolas pelo terceiro ano consecutivo

Com o arranque do novo ano letivo, o Instituto Politécnico de Setúbal (IPS) volta a distinguir-se pelo trabalho de educação e gestão ambiental para a sustentabilidade, com a renovação do Galardão Eco-Escolas, pelo terceiro ano letivo consecutivo, às suas cinco Escolas Superiores, lê-se num comunicado.

A Associação Bandeira Azul da Europa, gestora em Portugal deste programa internacional, propôs os “Espaços Exteriores” como um dos temas do ano para 2020/2021. Em alinhamento com a política de sustentabilidade do IPS, foram desenvolvidas, neste âmbito, “ações com impacto não só na requalificação paisagística dos seus campi”, como também na “identificação e caracterização da biodiversidade”, encarando, assim, toda a envolvente como “contextos privilegiados de aprendizagem e de aproximação da comunidade à natureza”, precisa a nota divulgada pela instituição.

A título de exemplo o IPS destaca as “ações de identificação e caracterização de espécies de fauna e flora”, a “recolha de imagens do património natural”, a “colocação de caixas-ninho para aves”, o “enriquecimento do território com a plantação de espécies autóctones” e a “criação do projeto de ciência cidadã na plataforma Biodiversity4All”. Paralelamente, foram desenvolvidas outras atividades como a “disponibilização de mais ecopontos no interior dos edifícios e nos espaços exteriores, de dispensadores de água e a realização de trabalhos e projetos sobre os objetivos de desenvolvimento sustentável”, refere o IPS.

Desta forma, o IPS volta a consolidar a sua posição enquanto Instituição de Ensino Superior que valoriza o seu património natural, que o explora como fonte de experiências para e com a sua comunidade académica e envolvente, reconhecendo que a importância da biodiversidade deve ser vivida.

Para mais informações sobre a intervenção do IPS na área ambiental, pode consultar aqui.