Loulé desafia população no Dia Internacional da Biodiversidade

Loulé desafia população no Dia Internacional da Biodiversidade

No âmbito das comemorações do Dia Internacional da Biodiversidade, assinalado na passada sexta-feira, dia 22 de maio, o Município de Loulé não quis deixar passar a efeméride, lançando um desafio à população, no sentido de, “alertar para a necessidade e importância da preservação da biodiversidade e seus habitats”.

A Autarquia juntou-se assim ao desafio lançado pela equipa da plataforma de ciência cidadã “Biodiversity4all” para que”cada cidadão, individualmente ou em família, faça os seus registos do maior número de espécies possível, na varanda, quintal, jardim da sua casa ou mesmo durante os seus passeios higiénicos”, refere em comunicado. Esta ação decorre até ao dia 31 de maio e os registos devem ser realizados através da plataforma

O “BioDiversity4All” (Biodiversidade para Todos)  tem como missão juntar o maior número de pessoas no conhecimento e registo da biodiversidade nacional. Na sua plataforma online e de acesso livre, qualquer cidadão pode contribuir com observações de animais, plantas, cogumelos ou qualquer outro ser vivo. A base de dados está acessível a todos os cidadãos, incluindo, por exemplo, cientistas, público escolar, municípios ou gestores, permitindo a partilha das suas observações. A plataforma online tem atualmente mais de 311 177 registos, referentes a mais de 11 021 espécies, tem cerca de 6 330 utilizadores registados, 4 590 validadores e mais de 8 100 seguidores no facebook.

Lançado em 2010, no Ano Internacional da Biodiversidade, este projeto parte do princípio de que a sociedade terá uma maior preocupação com a conservação da natureza quanto mais envolvida diretamente com a ciência estiver e quanto melhor conhecer o que a rodeia. Através deste projeto, utilizadores já identificaram espécies novas para Portugal e espécies em locais onde se desconhecia a sua presença.

A Câmara Municipal de Loulé tem vindo a desenvolver, ao longo dos anos, várias ações de Educação Ambiental, dirigidas às escolas dos vários níveis de ensino e à população em geral, abordando as questões ligadas à Biodiversidade e à salvaguarda do Património Natural, sensibilizando a população para a necessidade de proteger o meio natural, numa altura em que as alterações climáticas são a maior ameaça que o Planeta enfrenta.

Foto cedida pelo município de Loulé